Importação de Amostras da China – Aprenda a importância

Tempo de leitura: 8 minutos

Fazer importação de amostras da China é fundamental para garantir o sucesso do negócio.  Confira no China Gate como fazer de forma consciente!

Fala importador, tudo certo? Você já considerou a importação de Amostras da China? Essa dúvida é bem comum para quem está começando a importar, mas essa prática é comum até com quem já possui experiência na área. Essa é uma forma muito simples de testar as opções de novos fornecedores, ou quando está desenvolvendo novas linhas de produtos.

É sobre esse assunto que vamos tratar nesse artigo. As amostras têm que ser pedidas para confirmar se o produto é realmente bom, se ele encaixa com a marca e a empresa, testar o mercado, enfim… 

Se ainda não tinha considerado a importação de amostras da China, vamos mostrar agora porque vale a pena. 

Como fazer importação de amostras da China?

Antes de começarmos, vamos deixar um ponto claro aqui: fazer importação de amostras não é barato. A gente tem um conceito muito errado, diga-se de passagem, de considerarmos amostras baratas por conta daquela ideia de “amostra grátis”, que ocorre em alguns segmentos, como os medicamentos oferecidos por médicos em consultórios. 

Só que amostras da China não tem nada a ver com isso. Elas são caras de serem feitas por dois motivos:

  1. Às vezes, lá na China, o fornecedor não quer vender em uma quantidade tão pequena para amostras, então ele cobra bem mais caro, para garantir que se trata unicamente de uma amostra e não revenda. 
  2. Mesmo que você possa receber essa amostra de graça, o processo de importação continua o mesmo. Logo, você também paga pelos valores de frete e impostos relacionados ao produto. 

Vamos abordar esses pontos em detalhe adiante, mas já fique atento a esse detalhe de que amostras são realmente altas a serem feitas, porém com um grande potencial de retorno. 

Quando pedir uma amostra de produto da China?

Sabendo que, mais do que uma única amostra, você pode precisar de várias delas para garantir uma importação adequada, quando você deve fazer? Bem simples: se você não acha suficiente a inspeção do produto por fotos, ou não tem a opção disponível em fábricas ou representantes do fornecedor aqui no Brasil, ou mesmo por terceiros como outros clientes, a importação da amostra faz mais sentido.

Além disso, a intenção é realmente ter todo o contato possível com o produto através da amostra. E detalhes como o material utilizado, montar e desmontar, checar todas as funções do produto não são possíveis através de fotos ou apenas relatos.

Além disso, a possibilidade de amostras também podem passar pelo crivo de clientes chave da sua empresa, que podem dar opiniões embasadas sobre ele, e garantir vendas futuras que compensam o investimento em uma amostra. 

Em resumo, você pode solicitar amostras da China dos produtos desejados quando a avaliação direta é indispensável para um investimento bem sucedido. 

Como solicitar a amostra de produtos da China?

Aqui, não há mistério: tal como acontece com fornecedores brasileiros, ao negociar produtos da China, converse com o vendedor em questão sobre a possibilidade de enviar amostras para confirmar se deseja de fato mais quantidades do produto solicitado. 

Na maior parte das vezes, os fornecedores da China cobram por essas amostras. Ou pelo menos o frete, como já mencionamos acima. Cabe a você, enquanto realiza as pesquisas, saber com quem deseja pedir as amostras. 

Os custos para importação de amostras

Sendo a intenção das amostras garantir uma compra mais segura dos produtos em questão, a forma mais eficiente de fazê-lo é por importação aérea, de maneira expressa através de empresas como UPS, DHL, FedEx, e outras. 

Até o momento da publicação deste artigo, os valores de frete para entregas do tipo está entre US$ 20 e US$ 30 por quilo, mais os custos de peso e restrições relacionadas ao produto importado, como já falamos por aqui. 

Ainda quanto ao peso, existe um detalhe importante nesse tipo de importação: você também precisa considerar o peso cubado. Para ter uma noção, um metro cúbico equivale a 166 quilos.

Logo, se você pede um metro cúbico de amostras, algo próximo a um fogão de 6 bocas, por exemplo, você vai pegar o equivalente a 166 kg, não importa a quantidade de amostras presentes nele. No fretamento aéreo, você paga sempre o valor maior. Vamos a um exemplo:

Se você faz uma importação de amostras da China, e o valor dele deu 0,2 kg³, você paga o valor equivalente a ele. Que no caso, é de cerca de 30 kg. O que, no valor final, dá cerca de US$ 600. Caro, bem caro. Isso sem considerar os impostos em cima de produtos e …

A dica para não ser pego de surpresa nessas horas é pedir que o fornecedor passe todas as informações de valores quanto ao frete, para que você mesmo possa fazer simulações com as empresas de transporte aéreo. Continua caro, mas ao menos você tem referenciais.

Existem outras alternativas?

Bom, investir em amostras para certificar-se da qualidade do produto faz parte dos investimentos iniciais com a importação. E certamente, você ir a China agora pode ser tão mais caro quanto. Com isso em mente, qual a saída para reduzir um pouco que seja esses valores?

Brincamos com a ideia de ir para a China para testar esses produtos, mas de fato, ela não é uma alternativa tão ruim assim. Para grandes projetos, de orçamentos avantajados, pode ser sim uma boa ideia ir nos fornecedores lá mesmo e verificar tudo com eles antes de fechar negócio. Sai mais em conta, até por questão de tempo, do que solicitar várias amostras, cada um com seus altos custos de frete. 

Na prática, para amostras não há grandes alternativas. Contudo, o que quero te propor é uma alternativa de mentalidade: sabendo dos custos que envolvem pedir por amostras, em quanto tempo e vendas você irá diluir esses valores? Ou melhor ainda, qual a necessidade de pedir por amostras?

O que não pode ocorrer nisso tudo é deixar de lado o investimento em amostras por conta dos valores. Isso, de certa forma, é ir contra o seu negócio: afinal, você está correndo um risco ao não avaliar a qualidade dos produtos caso não tenha certeza da compra. 

Pense no seguinte: importação de produtos da China funciona da mesma maneira que grandes maratonas. É preciso preparo e gestão de recursos especialmente a longo prazo. Logo, considere essa mentalidade, inclusive no orçamento, ao optar por amostras.

Os impostos em cima da importação de amostras

Falamos até aqui dos impostos que pagamos por amostras, mas ainda não desenvolvemos isso. Chegou o momento.

Para amostras até US$ 50, você não paga nenhum imposto a mais. Esse é um dos poucos casos em que você pode fazer por pessoa física, que não tem nenhum problema. Por outro lado, para amostras acima de US$ 50, a coisa muda de figura.

Nestes casos, você paga 60% do valor em Imposto de Importação, que é a soma do frete + produto. Além disso, você soma 18% de ICMS. Na prática, fica assim.

Imposto de Importação = Frete + Importação x 60%.

ICMS = Frete + produto + Imposto de Importação x 18%

Tem uma conta que vai facilitar seus cálculos totais para importações acima de US$ 50, dá só uma olhada.

Produto + Frete x 60% de II = Total A

Total A / 0.82 = Valor final da Importação

Valor final da importação = B

ICMS = 8 x 18%

Total A + ICMS = B = Valor Final

Finalizando

As amostras servem para nós termos um contato inicial com o produto que desejamos vender, certo? Contudo, existe um outro tipo de amostra, as laboratoriais, que são para validação nos órgãos anuentes, como ANVISA, INMETRO, e outros.

Nesses casos, você não pode fazer importação como pessoa física. Os critérios são mais aprofundados, em que você precisa de um consultor para que toda a documentação seja preenchida de acordo, bem como os demais processos. 

Aqui, você vai precisar de uma Proforma Invoice, para que todo o processo de importação seja feito corretamente, para só então validá-lo. E é importante que essa consultoria seja realizada, para que sua importação de amostras da China para esse fim não tenha nenhum problema, certo? 

A China Gate é uma empresa focada em importações por Pessoa Jurídica, incluindo MEI. Não trabalhamos com dropshipping nem importações para pessoa física: nosso intuito é mostrar, de forma educativa, como é possível realizar importações de uma forma mais eficiente e acessível. Confira nosso programa Importação Digital, estamos te esperando. Até o próximo artigo!