Qual o melhor produto para você importar da China?

Aqui na China Gate recebemos frequentemente perguntas sobre qual o melhor produto para se importar da China e como fazer uma boa escolha nesta decisão.

Muitas pessoas estão descobrindo que importar produtos chineses para revender no Brasil é um negócio lucrativo. Só que para isso, é importante escolher uma boa mercadoria para importar, pois o produto é tudo em um negócio.

A verdade é que essa pergunta não tem uma única resposta. Ela pode variar conforme o nicho e tamanho de seu negócio. Deve-se levar em consideração também o tempo de importação do produto, a volatilidade do mercado e o perfil de consumo que pode se alterar no decorrer do tempo.

Entretanto, existem algumas características em comum em todas as importações de sucesso e são elas que vamos te mostrar neste artigo.

Iremos te mostrar o caminho e a direção para você tomar a melhor decisão para o sucesso e sustentação de seu negócio. E se você ainda não tem a sua empresa, iremos te indicar por onde começar também.

Homem pensativo: qual o melhor produto para importar?

O que pode ser importado da China para o Brasil?

Antes de começarmos a ver quais produtos serão vantajosos para você importar da China, é importante a gente mostrar para você o que pode e o que não pode ser trazido do país asiático, para você não ter problemas e cortar algumas coisas que você pensa em importar.

Todo produto comercializado legalmente no Brasil pode ser importado da China ou de qualquer outro país. É importante o destaque no comercializado legalmente, pois por exemplo, cigarros eletrônicos não podem ser importados, pois não possuem autorização de comercialização em nosso país, apesar de serem encontrados facilmente.

Entretanto, existem milhares de opções de produtos chineses que você pode importar para o seu negócio e que pode aumentar suas margens de lucro, como por exemplo, produtos para pesca, material escolar, produtos para casa e petshop, produtos para comunicação, automotivos… enfim, a lista de oportunidades é grande.

O melhor produto é aquele que você já conhece!

Pode parecer uma dica simples mas o fato é que o melhor produto para você importar da China é aquele que você já sabe vender.

Conhecer o produto e ter familiaridade com ele é essencial para o sucesso de sua importação e deixará sua jornada bem mais fácil.

Por exemplo, imagine que você não conheça nada de peças de computadores. Como você iria importar este tipo de produto sem saber das melhores marcas, tendências de mercado e como vendê-las posteriormente?

Lembre-se que importar é comprar para revender depois. É necessário pensar, na hora de comercializar, em estratégias de marketing e vendas eficientes.

Então, se você não faz ideia de como venderia o produto que você está pensando em importar, é porque, provavelmente, ele não é um bom produto para o seu negócio.

A reposta pode estar no seu negócio

Se você já tem o seu negócio e comercializa produtos de origem chinesa, a resposta para a nossa pergunta inicial pode estar aí com você.

A dica é analisar os relatórios de vendas: relatório de giro de vendas (os produtos que mais vendem), relatório de produtos que mais faturam e o relatório de produtos mais lucrativos. Geralmente, os sistemas emitem estes relatórios com o nome de Curva ABC: Curva ABC de Vendas, Curva ABC de Giro e Curva ABC de Margem.

Em seguida, analisando os relatórios, selecione aqueles que aparecem em todos os eles. Estes são os produtos que mais vendem, mais tem giro e dão maior lucro. Com todos esses dados você saberá os melhores produtos do teu negócio.

Então veja quais deles são Made in China e que você compra de alguma importadora. Estes são os produtos que você pode importar direto da China e aumentar a sua margem de lucro com mais facilidade.

No entanto, risque desta lista os produtos de moda e temporários, que vamos abordar ainda neste artigo.

Complementos de linha: uma ótima oportunidade

Outra dica valiosa para quem já tem seu negócio estruturado e os seus clientes são os produtos que chamamos complemento de linha.

Nenhuma empresa do mundo vende todos os produtos possíveis. Portanto, seus atuais clientes, compram alguns produtos com você e muitas outras coisas com outras empresas e pessoas.

Estes produtos que eles não compram no seu negócio é uma grande oportunidade para você começar a vender para ele, importando da China, juntamente com seus atuais produtos.

Contudo, é importante salientar, que este novo produto deve estar relacionado com os demais e com teu negócio. Não comece a vender varas de pescar em uma loja de sofás, por exemplo.

Da mesma forma, se você vende já importa e revende capinhas de celular, algumas ideias legais para incrementar no seu negócio, seria comercializar também películas e fones de ouvido, ou seja, produtos relacionados ao que você já está familiarizado.

Escute seus clientes e analise o mercado

Outra maneira de descobrir um bom produto para importar direto da China é conversando com seus clientes.

Pergunte aos seus melhores e maiores clientes o que eles estão precisando e o que mais eles gostariam de comprar com você. Pense naquelas lojas que, nas portas de saída, tem aquelas pesquisas: “você encontrou tudo o que precisava?”. É isso mesmo: pesquisar com os seus próprios clientes.

Esse é um bom caminho, pois seus clientes sempre vão trazer boas ideias e oportunidades. E uma vez que as sugestões vem deles, a revenda é praticamente certa.

Do mesmo modo é importante também analisar o mercado como um todo.

Observe seus concorrentes: o que eles estão vendendo? quais as estratégias que eles usam? o que poderia ser feito melhor? quais produtos o meu ramo está vendendo mais? Questionamentos simples como estes podem trazer insights positivos para você.

Tenha também uma visão do ambiente da sua empresa, se tem muitos lugares vendendo o produto que você quer importar e qual o preço que estão praticando, além de descobrir qual o comportamento do público (quem compra mais aquela mercadoria).

Por exemplo, a maioria dos clientes de cueca não são os homens, mas as mulheres que compram para seus esposos e filhos. Se você é do ramo de roupa íntima, é um dado relevante e que pode ser usado ao seu favor na hora de ofertar os produtos e organizar sua loja.

Cuidado com os produtos temporários e da moda

Há aproximadamente um ano e meio atrás, importar EPIs para segurança respiratória era um ótimo negócio se levarmos em conta a pandemia de Covid-19. Entretanto, hoje, você acredita que compensa importar este tipo de produtos? Se você não é do ramo da saúde, não vai ser um bom negócio hoje em dia.

É muito importante você ter claro que não é porque um produto vendeu bem nos últimos meses, que ele vai continuar vendendo bem nos próximos. Existem produtos que hoje praticamente se vendem sozinhos, como foi o caso das máscaras no auge da pandemia, mas que não será assim para sempre. Essas ondas geralmente não duram muito tempo.

Um outro grande exemplo, é que este ano teremos a Copa do Mundo do Catar. Quanto mais próximos do evento estivermos, mais o público vai consumir produtos relacionados a ele. Mas e depois que a competição acabar, como vai ser?

Do mesmo modo, fique atento a datas festivas, como Dia dos Namorados e Natal, pois determinadas mercadorias só tem um bom resultado nestas épocas do ano. Observe, por exemplo, que empresas do ramo de material escolar vendem muito mais no início do ano do que no restante. É necessário se programar com antecedência para importar seu produto para que ele chegue na época boa para o seu negócio.

Produtos no armazém/estoque

Não tenho empresa. Qual o melhor produto para importar da China?

Se você ainda não abriu seu próprio estabelecimento ou de algum modo quer mudar totalmente seu nicho de atividade, escolher o melhor produto para importar da China pode ser mais desafiador, mas não é um bicho de sete cabeças.

A dica chave é pesquisar. É a pesquisa que vai te mostrar qual o melhor produto para você começar a importar da China.

Pergunte aos seus amigos, familiares o que eles estão precisando e não estão encontrando. Faça visitas aos seus futuros concorrentes e outras empresas que te inspiram, observe o que estão vendendo e como vendem os produtos que vieram da China.

Busque ideias e se inspire na internet. Existem bons sites que mostram as tendências do mercado e o que mais está sendo procurado e vendido, como o AliExpress e o Tendências Mercado Livre. Existem também os sites que mostram as compras relacionadas a determinado produto, como a Amazon, que mostra que quem levou o produto X, geralmente leva também o produto Y.

Estes sites serão ótimos indicadores de mercadorias para você importar. O segredo é realmente a pesquisa.

Compensa importar produtos da China?

A resposta é sim. A China é o maior parceiro comercial do Brasil desde 2009 e a importação direta diminui consideravelmente seus custos e aumenta sua margem de lucro.

Entretanto, algumas métricas devem ser levadas em consideração na hora de importar, como por exemplo, o custo unitário do produto importado ser 30% mais barato do que no Brasil e se será possível revender pelo dobro ou triplo do preço de custo. Fique atento a estas informações e outros cálculos do custo para não errar na escolha.

Nós já apresentamos aqui no blog um método para você seguir e ter sucesso na hora de importar, vale a pena conferir.

Do mesmo modo, apresentamos no início deste ano algumas tendências de produtos para importar em 2022. Dê uma conferida lá e tenha ótimas ideias.

Conte com a China Gate para fazer sua importação!

Na hora de importar da China, é melhor contar com uma equipe especializada neste assunto para você não ter dor de cabeça, aumentar seus lucros e focar na sua venda.

Nós temos uma material gratuito que vai te ajudar a escolher o melhor produto de acordo com todos os critérios que falamos neste artigo. Descubra o Mapa da Mina da Importação Empresarial!

Conheça também nossa série Produto Validado, onde apresentamos e analisamos ideias e sugestões de produtos para inspirar na escolha e te ajudar a entender grande parte do processo por de trás da importação do produto analisado.

E quando decidir qual produto importar, saiba que o jeito mais fácil e de baixo custo para você começar é através de nossos containers compartilhados, com carregamentos quinzenais na China. Aperte aqui e saiba tudo para começara a importar com lucratividade e segurança.

Gustavo Batilani

Gustavo Batilani

Nascido em Maringá, casado e com mais de 06 anos de experiência em gestão de pessoas e supervisão de processos administrativos. Cursou Bacharelado em Informática e, atualmente, faz formação em copywriting e redação.
Gustavo Batilani

Gustavo Batilani

Nascido em Maringá, casado e com mais de 06 anos de experiência em gestão de pessoas e supervisão de processos administrativos. Cursou Bacharelado em Informática e, atualmente, faz formação em copywriting e redação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Postagens Recentes

Blog
Gustavo Batilani

Os atacados vão acabar?

Se você é varejista ou vendedor (seller) já deve ter percebido que a grande maioria dos fornecedores estão revendendo o produto diretamente para o cliente

LER ARTIGO >>