Você Realmente Sabe Importar Da China pelo Alibaba?

Em tempos de Covid-19, as viagens para a China não são viáveis. Muitos eventos e feiras de negócios no país asiático tiveram suas atividades canceladas. Outras forma realizadas de forma remota. Então, as plataformas digitais se tornaram ainda mais importantes para os negócios. Dessa forma, dominar o processo para importar da China pelo Alibaba é fundamental para importadores.

Todavia, isso é mais do que atender as necessidades do momento. Importar da China por sites pode ter algumas vantagens. Minha intenção nesse texto é mostrar os passos básicos para fazer a busca de produtos e fornecedores no Alibaba. Além disso, vamos conhecer alguns passos que vão deixar o importador mais seguro na hora de comprar no site.

No fim do texto, você vai ganhar ainda acesso gratuito a um conteúdo exclusivo da China Gate. Antes, vamos as apresentações!

Quem é Esse Tal de Alibaba?

O Alibaba é um site de negócios. Ela conecta fabricantes e fornecedores de produtos da China a empresários de outros países. Dessa forma, o foco do site é que empresas chinesas vendam suas mercadorias para empresas de outros países.

O Alibaba foi fundada pelo empresário Jack Ma. Ele é um das pessoas mais ricos do mundo. A fortuna dele é cerca de 56 bilhões de dólares. Além disso, Jack é apaixonado por tecnologia. Ele investe pesado em serviços e produtos dessa cadeia. Entretanto, no início da carreira teve o currículo recusado pela KFC. Conhece essa história dele?

O site Alibaba faz parte de um grande grupo empresarial de tecnologia. É composto pelas sites Aliexpress e TaoBao, que também são de e-commerce. A diferença é que o Aliexpress atende demandas de pessoas físicas. Por sua vez, o TaoBao opera apenas dentro do território chinês. Ou seja, atuando como se fosse o Mercado Livre.

Mas, a pergunta que não quer calar é

Mas o Alibaba é de Confiança?

Em 2013, o Alibaba fez uma primeira oferta pública de ações nos Estados Unidos. Naquele mesmo ano, a revista The Economist avaliou a empresa em 120 bilhões de dólares. Eles já tinham movimentado mais de 120 bilhões de dólares em 2012. Esse resultado é maior do que a soma das movimentações do eBay e da Amazon.com, os maiores concorrentes daquela época.

Mas números mais expressivos vieram em novembro de 2020. No dia dos namorados da China, o Alibaba teve movimentou 74 bilhões de dólares. Na época, a empresa informou que mais de 800 milhões de pessoas acessaram a site de compras.

Esses números mostram que o Alibaba é confiável? Eu acredito que eles contribuem para aumentar a confiança. Imagine só a estrutura necessária para dar conta de tantas operações. E tudo isso feito em um curto espaço de tempo. É absurdo!

Além disso, o site promove negócios de milhares de empresários, comerciantes e fabricantes. Mas não só da própria China, não só do Brasil. O Alibaba gera negócios no mundo todo.

Então, eu diria que tudo foi feito com o objetivo de oferecer um ambiente de negócios sólido e confiável.

Acredite que não só os brasileiros estão pensando na melhor maneira de importar da China pelo Alibaba. O mundo todo está com esse foco. Por isso, a China é bola da vez. Mas não só por isso!

A questão é: Será pessoas que vendem produtos por lá são confiáveis?

Boa pergunta!

Importar da China pelo Alibaba: Procedimentos de Segurança

Não é novidade para ninguém. Você pode encontrar pessoas com más intenções em sites como o Alibaba. Mas o que fazer? Vou deixar de comprar no Alibaba por isso? Existe uma série de passos capazes de garantir do nosso suado dinheiro. Essa é a boa notícia!

Então, imagine que estamos comprando o seu produto no site. Dessa forma, passaremos pelas fases abaixo:

  1. Pesquisa de Produtos e Fornecedores Confiáveis;
  2. Cotação dos Produtos;
  3. Negociando com o Fornecedor Chinês;
  4. Pagamento do Pedido de Produtos e
  5. O Frete no Alibaba.

Vamos passar por cada um deles, apontando o procedimentos de segurança mais adequados.

Foto de Zan, retirado de Unsplash.com

Como fazer a Pesquisa de Produtos e Fornecedores no Alibaba?

Para importar aproveitando boas oportunidades de produto, o importador precisa de duas coisas: tempo e disposição. Isso por que há milhares de vendedores na plataforma do Jack Ma.

Dessa forma, o primeiro passo para importar da China pelo Alibaba é fazendo uma boa e demorada pesquisa. É possível que você encontre muitos vendedores de um mesmo produto. Os preços também são variados.

Mas, qual deles escolher? A dica inicial é selecionar ao menos três fornecedores. Posteriormente, entre em contato direto através do chat ou e-mail.

Por outro lado, é possível já descartar possíveis ameaças. O importador deve analisar as informações e dados disponíveis na plataforma a respeito do vendedor. Dessa forma, fique de olho em:

  1. avaliações feitas por clientes;
  2. comentários deixados por clientes brasileiros;
  3. classificações do vendedor na site;
  4. informações que o vendedor disponibiliza sobre a empresa;
  5. números de vendas realizadas;

Se todos esses requisitos forem preenchidos, acredito que já é possível dar crédito para o fornecedor. Ou seja, você vai entrar em contato para saber mais detalhes dos produto. Com isso, pode realizar a cotação do pedido.

Como é o Processo de Negociação no Alibaba

A negociação com o vendedor chinês começa quando você abre o chat ou manda um e-mail. Ou seja, se as partes forem concordando com os termos, o negócio é fechado. Mas, se o importador ou fornecedor não concordar com algum condição, as conversas se encerram. É simples assim!

Entretanto, a negociação é uma fase de convencimento. Mas também de criação de um vínculo de confiança. Dessa forma, aproveite para confirmar se o fornecedor é mesmo um profissional da área. Com isso, faça perguntas específicas sobre o produto. Ou seja, teste o conhecimento dele. Mas, vá com cuidado.

É importante saber dosar a mão na quantidade de perguntas. Além disso, não fique pressionando para que o vendedor na China dê respostas rápidas. Para importar da China pelo Alibaba é fundamental aprender um pouco da cultura de negócio dos chineses. Eles atuam de forma bem diferente do que estamos acostumados no Brasil.

Na hora de negociar, faça isso:

  1. Não envie uma lista de produtos para cotação;
  2. Envie o pedido de cotação de apenas um produto;
  3. Seja claro e específico sobre as características do produto, exemplifique;
  4. Seja assertivo com o fornecedor e
  5. Não pressione para que as respostas sejam dada rapidamente.

Mas a outro ponto importante na busca de fornecedores para importar da China pelo Alibaba.

Devo Pagar o Fornecedor pelo próprio Alibaba?

O indicado é pagar o fornecedor através de um banco. Você pode utilizar também uma corretora de câmbio. O dado interessante aqui é que essas instituições geram um contrato de câmbio da negociação. Esse documento prova o pagamento feito ao fornecedor chinês. Ou seja, é mais um ponto para o quesito segurança.

Se a sua importação for acima de 5 mil dólares, é indicado que o pagamento seja feito por algumas instituição financeira.

Os pagamentos dentro do site são indicados para quantias menores do que 5 mil dólares. No Alibaba, as formas de pagamento aceitas são cartão de crédito ou boleto. Se a compra for abaixo de 3 mil dólares, o importador pode se sentir a vontade para pagar como achar melhor.

Apenas fique atento com a contabilidade. Nas compras abaixo de 3 mil dólares, os despachantes aduaneiros não registram o contrato de câmbio na Declaração de Importação. Por isso, faça o pagamento utilizando uma conta bancária da empresa importadora.

Anote isso aí! É importante!

Agora vamos a uma situação delicada aqui.

Retirado de Unsplash.com

Devo Contratar o Frete no Alibaba?

Se o frete for marítimo, não contrate pelo Alibaba. Você ter uma grande dor de cabeça quando os produtos chegarem no Brasil. Ao perguntar ao fornecedor chinês se ele manda a carga para o Brasil. Ele vai dizer que sim, envia para o porto que você quiser.

O grande problema é que no Brasil a burocracia para nacionalizar produtos importados é gigantesca. Então, não adianta o fornecedor enviar a mercadoria para o porto. Principalmente, se a importação for marítima, ela vai chega aqui sim. Entretanto, fica retida pela fiscalização da Receita Federal.

Para liberar essa carga você deveria ter contratado um despachante aduaneiro. Essa contratação deveria ter sido feita antes mesmo dos produtos chegarem no Brasil.

Além disso, para embarcar os produtos na China, o importador vai precisar do agente de cargas. Esse é o profissional que faz o meio de campo entre a empresa dona do transporte marítimo e o importador.

Numa importação da China, ele faz a consolidação da carga no container e envia o mesmo para o navio. Se a contratação for de um container inteiro, o agente de cargas manda a unidade até o fornecedor. Por lá, ela é abastecida. Depois, segue para o porto.

Então, para que você receba essa carga na sua empresa, é preciso da atuação do agente de cargas e do despachante aduaneiro. Sem eles, você terá um problemão. Fica a dica.

Mas e se o frete for Aéreo? Posso contratar pelo Alibaba?

No frete aéreo, a chance de acontecer algum problema com a carga é bem menor. Numa importação simplificada, por exemplo, a empresa contratada já faz todo o serviço de transporte da carga. Ou seja, ela usa a própria estrutura ou de terceiros para fazer a importação.

Dessa forma, eles ficam responsáveis pelo embarque da carga na China, atuando como agente de cargas ou contratando um profissional. O procedimento é parecido quando a carga chega no Brasil. Isto é, com a empresa atuando na liberação da carga na Receita Federal.

Ou seja, numa importação simplificada o importador fica responsável pela parte de produtos e fornecedores. Depois, a empresa de transporte contratada faz tudo. Eles levam a carga até na porta da sua empresa.

Maravilha, né!? Mas não é barato, não!

Importando da China: Curso Alibaba Sem Segredos

Quer aprender de verdade como importar da China pelo Alibaba? Quer aumentar seus lucros e expandir seus negócios? Se você quiser fazer isso de forma segura e lucrativa, você precisa do Alibaba sem Segredos.

O Curso é inteiramente gratuito e online. São nove vídeo-aulas com conteúdo aprofundado sobre custos de importação, pagamentos, embarque e liberação da carga nos portos brasileiros.

No momento, o Alibaba é a principal porta de entrada para o mundo da importação empresarial. Por isso, no curso abordamos todos os temas necessário para que o importador inicie a tão sonhada importação. Por outro lado, no Alibaba sem Segredos, você vai entender se trabalhar com importação é ou não para você.

Bora importar?

Dilvo Rodrigues

Dilvo Rodrigues

Nascido nas Minas Gerais, formado em jornalismo e apaixonado por cinema. Sou pai do Francisco, prezo por uma história bem contada e tenho muito gosto por aprender coisas novas. Sou Redator na China Gate, e ajudo pessoas a tomarem as melhores decisões sobre importação da China.
Dilvo Rodrigues

Dilvo Rodrigues

Nascido nas Minas Gerais, formado em jornalismo e apaixonado por cinema. Sou pai do Francisco, prezo por uma história bem contada e tenho muito gosto por aprender coisas novas. Sou Redator na China Gate, e ajudo pessoas a tomarem as melhores decisões sobre importação da China.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Postagens Recentes

Alibaba Sem Segredos

Curso Gratuito para você que deseja começar a importar da China!