Entre para nossa lista vip e receba

CONTEÚDOS EXCLUSIVOS!

    junho 15, 2021

    0 Comentários

    Muita gente quer começar importar. Na verdade, chegou a conclusão de que comprar produtos no exterior pode ser uma boa maneira de alavancar os lucros da empresa ou do negócio. Muitas vezes, essa decisão é baseada na intuição do empresário ou da empresária. Entretanto, a intuição deve ser utilizado apenas como uma motivação inicial para arregaçar as mangas e trabalhar. Nesse texto, você vai saber como um curso de importação da China pode aumentar os lucros da sua empresa para o crescimento da sua empresa ou do seu negócio.

    A verdade é que quem administra uma empresa precisa lidar com dados concretos. Ou seja, que traduzam a realidade com a maior fidelidade possível. Dessa forma, entender o processo de importação e como ele pode ser vantajoso ou se adaptar a realidade da empresa é muito fundamental.

    Por isso, entendo que o ponto inicial de todo importador é se inscrever em curso de importação. Um curso de importação da China pode aumentar os lucros da empresa? Sem dúvida, sim. Entretanto, até chegar nesse ponto, é preciso percorrer uma boa jornada. O primeiro passo é conhecer do que se trata a importação. Sendo que os cursos de importação tem exatamente esse objetivo.

    Vem comigo, importador(a)!

    Ah, e se esse conteúdo for útil para você ou para alguém que você conhece, não deixe de curtir e compartilhar!

    O que é um Curso de Importação da China?

    Os cursos de importação da China podem variar de acordo com a modalidade de importação. Por exemplo, se aérea ou marítima. Entretanto, a base de todos eles é fazer com que o importador aprenda o passa a passo ou os trâmites para realizar todo o processo de importação.

    Dessa forma, eles trazem conteúdos de conhecimento base para qualquer forma de importação. Dentre alguns tópicos, podemos destacar:

    • Busca e negociação com fornecedores;
    • Viabilidade de Importação;
    • Custos da Importação;
    • Embarque de produtos;
    • Desembaraço Aduaneiro e
    • Chegada da Carga até o importador

    Mas dependendo do formato do curso, outros conteúdos podem estar incluídos. Por exemplo, há cursos que ensinam o importador a vender e fazer o marketing dos produtos da China. Noutros, podem ter suas aulas voltadas exclusivamente para uma modalidade de importação. É o caso do curso sobre importação simplificada, ou sobre importação em container LCL ou container compartilhado.

    Com isso, o importante é que o importador conheça suas necessidades e tenha de forma bem clara qual objetivo. Tendo isso em mente, deve se matricular ou se inscrever no programa que mais dialoga com a sua realidade.

    Retirado de Unsplash.com

    Para que serve um Curso de Importação da China?

    Vamos dizer que você tem um comércio de brinquedos infantis, pretende ampliar o mix de produtos. Você percebeu que os clientes estão pedindo muito um modelo de boneca e, assim, decide importar da China. Depois dessa decisão, o que deve fazer para que o produto chegue e possa ser vendido?

    Antes disso, é preciso saber como e onde achar o produto desejado. Depois disso, negociar com o fornecedor chinês um volume de itens que caiba no orçamento da empresa. Além disso, precisa cuidar de toda a papelada necessária para nacionalizar a carga junto à Receita Federal (não é pouco papel, viu!?). Há também influências de algumas variáveis como cotação do dólar, valor do frete, custo de armazenagem e outras despesas.

    No exemplo que citei acima, de brinquedos infantis, esses objetos precisam de certificação ou homologação do Inmetro para entrarem no Brasil. Esse procedimento encarece muito a importação. Dependendo do quanto o importador (a) ou importadora tem para investir, pode tornar inviável a importação do produto. Um curso de importação ensina o importador a trabalhar com todos esses fatores.

    Então, antes de pensar que um curso de importação da China pode aumentar seus lucros, é necessário entender que ele é um instrumento que vai mostrar como cada fase da importação deve acontecer em detalhes.

    Além disso, vai indicar qual pode ser a incidência e a influência de cada passo dado para se atingir o objetivo da lucratividade.

    O que quero dizer é que compreender a relevância da cotação do dólar na importação pode impactar seus lucros. Ou, que proceder adequadamente com todos os documentos de importação, fazendo um checklist, pode evitar prejuízos futuros.

    Entende como na importação uma coisa leva à outra!? Tudo tem de estar bem amarradinho!

    Qual Curso devo Escolher?

    Como já dito anteriormente, a busca pelo aprendizado deve estar alinhado aos interesses da empresa ou do empresário(a). Dessa forma, podemos traçar algumas perspectivas para nortear a jornada do importador na busca pelo conhecimento e, consequentemente, para o sucesso da importação.

    Com as facilidades da Internet, hoje é possível fazer um curso de importação da China totalmente online. Sendo que, muitos deles são grátis.

    Sendo assim, escolher um curso de importação deve levar em conta os objetivos e as intenções do interessado. Irei destacá-los abaixo:

    • Realizar todo o processo de importação por conta própria;
    • Compreender o processo de importação e
    • Prestar consultoria em Importação Empresarial.

    Vamos analisar cada um dessas perspectivas?

    Foto de Rinson Chory, retirado de Unsplash.com

    Para Realizar toda a Jornada de Importação Sozinho

    Para quem busca realizar a importação sozinho, o indicado é buscar o curso mais aprofundado e completo disponível no mercado. A importação é um processo muito burocrático, com muitos detalhes, fases e processos que precisam ser dominados por quem quer fazer tudo por conta própria.

    Então, se você se encaixa nesse perfil, o curso escolhido deve abordar desde a busca por fornecedores até a chegada da carga na porta da empresa.

    Entre esses dois extremos temos a pesquisar fornecedores no Alibaba, onde o importador realiza toda a negociação com os chineses. Além de realizar o pagamento junto ao fabricante. Antes disso, temos a importante fase da viabilidade da importação. Ou seja, todos os custos de importação são planilhados e analisados pelo importador ou importadora.

    Posteriormente, há o desembaraço aduaneiro onde todos os documentos de importação são checados. Essa é uma fase que precisa ser planejada, como verificação minuciosa de cada documento exigido pela Receita Federal. Por fim, o frete, com a carga chegando ao destino.

    Em cada fase dessas, o importador vai precisar trabalhar com uma série de processos e questões complexas. Um curso de importação pode tornar tudo muito mais fácil e seguro.

    Entender o Processo de Importação da China

    Há ainda o importador que não vai ser responsável direto pela importação, entretanto tem interesse de dominar o processo. Nesse perfil, podem se encaixar donos de empresas ou gerentes de setor de compras ou aquisição. Ou seja, pessoas responsáveis por coordenar diversas atividades dentro da empresa.

    Dessa forma, precisam estar informados sobre o fluxo da importação, aplicação correta das alíquotas dos tributos, se os documentos de importação estão devidamente preenchidos e em ordem etc.

    Prestar Consultoria de Importação da China

    Para quem quer ajudar outras pessoas a fazer importação, não há outra saída a não ser se atualizar permanentemente. Por isso, entendo que fazer cursos e se aprimorar deve ser hábito rotineiro na vida do profissional. Mas por que?

    A importação é um processo muito cercado de mitos e inverdades. Principalmente em se tratando de China, há ainda certos preconceitos quando o assunto é a capacidade do país asiático. Por isso, o profissional de importação deve mostrar conhecimento de causa e transmitir confiança ao cliente importador.

    Além disso, esse profissional precisa conhecer não só de importação, mas também precisa ter conhecimentos de administração, logística, atualidades entre outros. Então, julgo que um curso de importação é algo fundamental para você que quer ser consultor.

    Mas, qual o melhor curso para desenvolver todas as habilidades necessárias de um competente importador?

    imagem das matrículas do curso de importação conexão china 2.0

    Conexão China 2.0: O curso mais Completo

    O Conexão China 2.0 apresenta a jornada de importação da China tintim por tintim. Desde a busca por fornecedores, passando pelo desembaraço aduaneiro, impostos de importação, armazenagem e frete até a chegada da carga até a porta da sua empresa. Você verá também uma série de dicas e conteúdos sobre a melhor forma de comercializar o produto.

    Ou seja, o curso de importação Conexão China 2.0, é ideal para o importador que deseja conhecer todos os passos da importação. E isso independe do nível de conhecimento que você tenha no momento. Dessa forma, você vai descobrir, por exemplo, que não é necessário importar um container completo da China.

    Da para importar pequenas quantidades de produtos, até mesmo com pouco dinheiro. Além disso, no Conexão China 2.0 o importador aprende como vender seus produtos por até 4 vezes o valor de custo. Isso, através de 130 vídeo aulas. A cada 15 dias você poderá tirar dúvidas diretamente com o Rodrigo Giraldelli, em transmissões ao vivo.

    Por isso, não perca tempo, importador. Toque no botão abaixo e garanta sua vaga agora mesmo.

    Sobre o Autor

    Dilvo Rodrigues

    Nascido nas Minas Gerais, formado em jornalismo e apaixonado por cinema. Sou pai do Francisco, prezo por um história bem contada e tenho muito gosto por aprender coisas novas. Sou Redator na China Gate, e ajudo pessoas a tomarem as melhores decisões sobre importação da China.

    {"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
    >