Packing List: o que é – Docmentos da importação

Tempo de leitura: 6 minutos

O Packing List é um documento de grande importância no momento em que ele é enviado em um Container. Saiba tudo sobre ele com a China Gata.

Fala importador, tudo beleza? Em um artigo anterior, falamos de um documento de grande importância para dar mais credibilidade ao negociar suas importações, a Proforma Invoice. Hoje, falaremos de outro documento essencial para fazer da aquisição mais segura e completa: trata-se do Packing List.

O Packing List pode ser descrito como um “manifesto de carga”. Nele, está descrito todos os detalhes relativos a Proforma Invoice, documento que organiza todas as informações do seu pedido para o vendedor na China. 

Dito isso, vamos detalhar como funciona o Packing List, e como você pode organizá-lo para suas importações.

Como funciona o Packing List, na prática?

Se a Proforma Invoice é um documento detalhando o que você deseja na importação para finalizar uma negociação, o Packing List é o aprofundamento do mesmo, com todas as informações necessárias dentro da carga.

O Packing List manifesta, caixa por caixa, todo o necessário para entrar em uma carga. Pontos como cubagem, peso bruto, peso líquido, e outros que vamos detalhar adiante, são parte desse documento.

Então, por exemplo: se você faz a importação de um único artigo, o Packing List será de uma única linha, contendo o produto, suas informações técnicas, código para rastreamento, quantidade, e o número de caixas que ocupa. Quando o número de produtos aumenta, cada um deles é descrito caixa por caixa, para facilitar a organização.

A Importância da discriminação por caixas

As informações dentro de uma Packing List deve ser bem detalhadas e separadas por caixas principalmente na hora desses produtos chegarem aqui. Mais do que uma questão logística, a separação das caixas é fundamental para quando essa carga chega ao Brasil. 

Para facilitar o trabalho de organização da alfândega, a Packing List deve conter, de forma correta, a separação dos produtos por caixas devidamente numeradas. Outro ponto importante é com a famigerada Marca Vermelha, ou a checagem física da carga: com o Packing List preenchido corretamente, o profissional responsável confirma todas as informações, e libera a importação.

O Packing List como meio de definir o frete

Até aqui, vimos como o documento serve para organizar a forma como todos os produtos importados chegam aqui. Isso inclui a cubagem, ou o espaço que ele ocupa em um container; o peso líquido e o peso do produto individualmente, referentes às caixas e meios de transporte que são levados.

Tudo isso precisa ser informado corretamente para determinar o valor de frete. Digamos que você traga um contêiner completo da China. Ao fazer o Packing List, você sabe qual o tamanho de container necessário para importação, sem sobrar ou faltar espaço. 

O mesmo vale para quando você usa um container compartilhado, o que, nesse caso, pode aumentar o custo unitário. É nesse ponto que o documento citado ganha ainda mais importância: uma vez que a intenção de importar da China é conseguir uma lucratividade com os produtos, quanto menores os custos de importação, melhor. 

Sendo assim, é possível encontrar saídas mais eficientes ao optar por um container compartilhado. Para saber mais sobre importação compartilhada, e como conseguir os melhores retornos a partir dela, temos um produto muito útil na China Gate, o “Importação Digital”. Confira no link.

Outros formatos de transporte de produtos

Além de caixas, é comum que as importações da China também venham no formato de sacos, bobinas, rolos… Depende bastante do produto trazido de lá. Como identificá-los no Packing List?

Nada de diferente aqui: no Packing List, você vai separar estes outros formatos com a denominação de acordo. Sendo assim, se você faz uma importação cujos produtos estejam em caixas e bobinas, por exemplo, além da descrição de cubagem e peso, o “empacotamento”, por assim dizer, também deve ser separado.

Veja um exemplo simples, na tabela abaixo. Só constando que a forma apresentada adiante não condiz com uma Packing List de fato; serve apenas para ilustrar como você pode trazer esses produtos.

ProdutoQuantidadeTipo de transporteNumeração
Tripé para câmerasXCaixasCaixas 13-20
Rolos de Papel de ParedeYRolosRolos 11-12
CamisasZSacosSaco 1-10

Independente do transporte, todas as informações referentes aos produtos são incluídos no Packing List. E sobre os detalhes, segue a relação abaixo.

  • Relação de produtos
  • A forma como estão embalados.
  • Qual o peso da embalagem
  • As dimensões que elas ocupam.

Com isso bem esclarecido, fica mais fácil montar o seu espaço para trazer os produtos importados para cá. Contudo, o documento ainda tem mais uma grande importância.

O Packing List ajuda no Rateio da Importação

Vamos pegar o exemplo destacado acima. Supondo que, pela quantidade de produtos, devidamente separados pelas caixas, gerou-se um valor de USD$ 1000 de frete. Como ratear um valor desses? Basicamente, o custo de frete é calculado com base no valor unitário do produto, mais o frete do mesmo, e todas as despesas relacionadas ao transporte.

Através do Packing List, o valor final desse frete é distribuído entre os produtos com base no peso deles. Para tanto, o cálculo funciona da seguinte maneira:

  • Divida o frete pelo peso total da carga importada.
  • Distribua de acordo com o peso de cada produto.
  • As informações de peso estão descritas no Packing List.

Com essas informações, o despachante aduaneiro consegue definir de maneira correta o custo para enviar ou receber as importações. Para antecipar um pouco desses valores, temos uma planilha específica para o preenchimento desses dados, confira no link.

Quem faz a Packing List?

O Packing List é um documento pré-embarque, preparado pelo fornecedor após a aprovação da Proforma Invoice. Com ele concluído, o fornecedor envia para aprovação do importador ou do despachante aduaneiro que, uma vez aprovado, ele encaminha de volta para ser carimbado, assinado e enviado junto a carga, além da Comercial Invoice, DHL e outras informações da maneira correta.

Todo esse processo é importante para que, com a nacionalização da carga, perca-se menos tempo com a aprovação e dê início a liberação para a entrega final.

Lembrando que a China Gate trabalha com importação empresarial. Nosso objetivo é ajudá-lo a importar da China para o Brasil. Além do nosso blog, estamos no Youtube, com vídeos regularmente e lives com tudo sobre o assunto. 

Caso tenha alguma dúvida a respeito da Packing List, entre em contato conosco nos comentários ou abra um atendimento com o nosso time comercial. A China Gate está à disposição para auxiliá-lo. Até a próxima!