Importação de Painel Solar em 2019 – 4 Dicas

Tempo de leitura: 7 minutos

Vamos falar hoje de um setor que está em alta na importação. Um ramo muito promissor para os próximos anos, segundo especialistas do setor. Estou falando de Energia Fotovoltaica, paineis solares. A energia fotovoltaica no Brasil ainda está para começar, é o que dizem integrantes da Associação Brasileira de Energia Fotovoltaica. Existe muito potencial de crescimento neste ramo, mas ainda é pouco explorado. O custo da energia solar está caindo, e cada vez mais equipamentos são necessários pra geração desse tipo de energia.

No youtube tenho dois vídeos sobre o tema, muita coisa mudou de um vídeo para o outro. Vou deixar os links no final do artigo para quem quiser conferir. Vou deixar também o link de um artigo que fiz há uns anos atrás sobre o assunto. Mas vamos direto ao assunto. Para você que tem interesse em começar a importar esse produto da China, vou te apresentar alguns detalhes interessantes. Bora lá!

Dica 1: Marca própria

Detalhe número 1, pense em importação de produtos com a sua marca. Eu sei que você vai querer importar aí Canadian, Fronius, Byd. Grandes marcas já conhecidas e isso é muito bom. Só que a sua margem de lucro vai diminuir bastante. E talvez você não consiga importar dessas marcas porque eles mesmos controlam a sua distribuição no Brasil. Então você não vai ter muita margem para manobrar e conseguir um poder de negociação interessante para comprar.

O que eu recomendo? Recomendo você encontrar uma fábrica na China e colocar a sua própria marca. Porque isso pode parecer ruim num primeiro momento. Mas em dois, três, quatro, cinco anos você vai ter a sua marca consolidada. E aí você vai vir aqui me agradecer por essa dica.

Dica 2: INMETRO

Um outro fator muito interessante é que os produtos precisam de homologação do INMETRO. Você terá que homologar o painel, o controlador e o inversor. Com isso vai gastar de 5 a 20 mil reais mais ou menos para homologar cada modelo. Vai depender muito da capacidade, se o fornecedor lá na China já têm a certificação, ou não. E aproveitando para falar disso, eu já adianto. Mesmo que o fornecedor lá na China já tenha a certificação do INMETRO. Ou seja, ele já vende para o Brasil por uma outra importadora. Você também tem que certificar o produto na sua importadora.

Você aproveita essa certificação dele lá, caso ele tenha toda a documentação em português. O que reduz o custo da sua certificação aqui no Brasil. No entanto, pela lei brasileira, isso é uma barreira não tarifária, cada importadora tem que ter a sua própria homologação. E daí eu passo para a dica número 3.

Dica 3: Se junte a outros importadores

Se você não tem volume de importação, vale muito a pena talvez você se juntar com outros importadores interessados nisso. Faça a importação em nome de uma importadora e depois ela vai e revende para vocês. Existem regras para fazer isso, para atender os requisitos legais, e não fazer nada errado.

Uma outra forma é você já comprar de uma importadora ou essa importadora brasileira ceder a certificação para você. É um processo técnico, mas é possível fazer. Agora, obviamente, todo mundo que já tem uma homologação e for ceder ou vender para você, vai cobrar um valor por isso. Mesmo você comprando uma grande quantidade. Ficamos entre a cruz e a espada. Porém, ao fazer a sua própria homologação, você gasta uma grana sim, mas tem toda a autonomia para importar. E a sua margem de lucro com certeza vai ser maior. A questão é que para homologar você precisa ter grana.

Dica 4: Impostos

Bom, e a quarta e última dica, não é bem uma dica, é uma informação, na verdade. Sobre os impostos. Diferente do último artigo e vídeo sobre este tema, onde falei que não havia incentivo, não tinha nada, agora tem. Muitos estados não cobram ICMS, ou cobram um ICMS mais baixo. Para importar painel solar não existe IPI, imposto de produto industrializado, um dos impostos que se paga na importação. Esse imposto não existe, existe apenas para o controlador e para o inversor, para o painel solar não.

Por isso o custo total de importação de um kit de painel solar ou desse equipamento é bem mais baixo do que a média. Pra você ter uma noção, algo entre 45% e 55%. Pode colocar na média aí 50% em relação ao que se paga na China não só de imposto, mas tudo, inclusive frete. Logo, se você estiver pagando 100 na China vai conseguir fazer com que chegue aqui no Brasil por 150. Pode fazer essa conta pra você ter mais ou menos uma noção em relação a isso.

Investimento para importar

Antes de finalizar este artigo, quero te falar sobre algo bem relevante, valor de investimento. Quanto de grana você precisa ter para investir nesse negócio e ainda assim ser viável? Eu recomendo 200 mil reais. Aí você me diz, “Ah Rodrigo, agora você me quebrou as pernas. Eu sou instalador, ou eu sou um pequeno empresário eu não tenho essa grana.”

investimento

Se não tem essa grana, vá atrás dessa grana, porque menos que isso pode ser que você consiga importar, mas pode ser não. Você vai conseguir importar, mas dificilmente vai ser viável, compensará. Se você tiver 100 mil reais eu recomendo você comprar aqui no Brasil mesmo, de importadores que tem feito um bom trabalho e vendido a um bom custo pra você. Mais que isso aí compensa você importar.

Eu estou colocando que você vai importar um container de produto no kit geral, inversor, controlador e painel solar, células fotovoltaicas. Vem o suporte, vem todo o kit lá para você montar. Seriam uns 130 mil de mercadoria, mais uns 70 mil de frete, imposto, seguro, despesa, esse valor colocada aí na sua empresa. É mais ou menos essa conta. Lembrando, eu não quero te desanimar. Menos que isso pode compensar? Pode, mas a sua margem vai ficar muito espremida.

Para finalizar…

Eu tenho ouvido de vários importadores que, apesar do mercado estar em franca expansão, do giro de produtos estar aumentando cada vez mais, ter muito potencial para crescer, estão surgindo cada vez mais novos importadores e isso faz com que a margem de lucro vá diminuindo ao longo do tempo.

Então, a festa está no começo, quem chega primeiro bebe água limpa, faça aí logo seus planos e comece a importar. Bora importar painel solar, kit fotovoltaico pra você aí poder ter um bom lucro na sua importadora.

Nós podemos te ajudar!

E é claro, você já sabe, mas não custa lembrar. Se você precisar de ajuda para fazer essa importação, entre em contato com a gente aqui do China Gate. Nós temos consultorias especializadas para te ajudar, pesquisando o produto, fazendo custeio, tirando o Radar da tua empresa e auxiliando desde os processos de documentação, embarque lá na China até a chegada aí na sua empresa. Clique aqui e abra um atendimento com a gente. Basta falar com o nosso time de atendimento para esclarecer suas dúvidas e você poderá começar a fazer sua importação com a gente!

Se quiser ver nossos conteúdos anteriores sobre Painel Solar, aqui está o link para os vídeos que estão no nosso canal no Youtube, e o artigo aqui no blog. Acesse: