Duas coisas que você precisa saber antes de importar

Tempo de leitura: 5 minutos

Quando iniciamos uma nova jornada, é natural surgir muitas dúvidas. Neste momento, as dicas que recebemos dos mais experientes nos ajudam a dar passos com mais segurança. Hoje para você que está começando a importar te apresentarei dois pontos que você precisa estar atento, pontos essenciais na importação. E para você que já importa, valerá também, afinal, sempre temos algo pra aprender, ou relembrar. No final me conta como aplicou este conhecimento, ou se já está atento à isso na sua importação. Seu comentário é importante para nós.

Importação é um tema que tem muitos detalhes, muitas nuances, mas tudo gira em torno de dois fatores. É justamente sobre eles que vou tratar neste artigo.

Dentro do processo de importação esteja atento à estes dois fatores:

  1. Custo do Produto
  2. Qualidade do Produto

Custo do Produto

Então, tudo que você for cuidar na sua importação, gravitam ao redor dessas duas esferas, desses dois planetas, qual é o custo e qual é a qualidade. Sobre o custo do produto, é óbvio, mas vamos dizer. Não adianta você comprar um produto na China que atenda em qualidade, que seja bom, que seja bacana, que seja barato lá na China, se quando chegar no Brasil ele não tiver um custo muito abaixo do que o que você compraria aqui. 

Explicando melhor. Lá na China tudo é barato, mas quanto custa esse produto chegando aqui no Brasil, na porta da tua empresa? É importante lembrar que lá é o custo na origem, você tem que adicionar frete, seguro, impostos, às vezes algum licenciamento, tudo mais e o frete do porto até à sua empresa. Então não importa muito quanto custa lá, o que importa é por quanto chega esse produto colocado na porta da sua empresa. 

Se você precisa de ajuda para fazer o custeio dos seus produtos, anote aí estas duas dicas simples que vou te dar agora. 

Dica 1 – Dobre o valor para importar

Supondo que você quer importar 50, 60, 70 mil reais ou menos, sugiro que considere o valor de 100 mil reais. Se for 100 mil reais ou menos, considere que o custo da sua importação chegará por 200 mil, vai dobrar. 

Geralmente é menos que isso, entre 70 e 80%, mas depende muito do produto. Porque os impostos de importação variam por produto. O frete varia de acordo com o tamanho e peso do produto. De qualquer forma, numa média, você pode colocar, se vai importar um pequeno porte, 100 mil ou menos, que então o custo vai dobrar. Agora se for 100 mil ou mais, coloque 80%, para ter uma margem de erro tranquila.

Dica 2 – Planilha de Custos Gratuita

A segunda dica que quero te dar, é a nossa Planilha de Custo. Você pode baixá-la gratuitamente, no nosso site, clicando aqui

Com essa planilha de excel, mais uma aula rápida de 12 minutos que te darei junto, você saberá como calcular o custo do seu produto, chegando num valor bem aproximado de quanto o produto chegará na sua empresa. Sabendo disso, você pode comparar o custo da sua importação própria, com o custo de comprar esse produto no Brasil. Seja ele importado, comprando de uma outra importadora, ou seja ele um produto nacional, você comprando um produto similar à esse que você quer importar.

O que eu recomendo?

Se o produto aqui no Brasil estiver somente até 30% mais caro, compre aqui no Brasil. Não compensa mexer com importação. Sei que é contra intuitivo eu te falar isso, mas é o que acho mesmo. Entre comprar na China e chegar aqui por 100, e de uma outra importadora, ou fornecedor nacional de um produto similar por 130, compra aqui mesmo. Assim, você não terá que se preocupar com importação e nem terá que colocar dinheiro antecipado. 

O que pode acontecer também é você pagar 100 na sua importação própria e no Brasil estar 150, 180, 200. Sendo assim, importando direto, você pode comprar até pela metade do preço. Nesse caso, vale muito a pena. Resumindo, se tiver 30% ou mais caro comprar aqui no Brasil, significa que vale muito à pena importar direto da China.

Qualidade do Produto

O segundo fator é a qualidade do produto. Sobre isso os importadores, querem saber: “Qual é a qualidade que o chinês tem para me oferecer?”. A resposta é que hoje o chinês tem a qualidade que você quiser. Você quer produto Premium? Tem. Você quer produto B? Tem. Você quer produto C, D, E? Tem também. Qualidade de A a Z.

Se quer um produto melhor, vai pagar mais caro. Um produto mais popular, pagará mais barato. Então fique tranquilo, o chinês te oferecerá a qualidade de produto que você quiser. Saiba que na China existem fábricas de todos os tipos. O ideal é que você faça uma inspeção, averiguando o fornecedor, garantindo assim que o produto que você comprou chegue no Brasil, com a mesma qualidade prometida. Nem mais, nem menos do que foi contratado. 

Os chineses estão melhorando cada vez mais. É possível fazer embalagem personalizada, rótulos personalizados, com tudo descrito em português. Não tem erro, você só precisa encontrar o fornecedor correto para atender a sua necessidade. Se você atende mercados mais populares compre produtos mais populares. Atende mercados mais exigentes, compre produtos mais exigentes. Não tem erro. Então a questão é, a qualidade que você comprou chegará no Brasil, no custo adequado?

Por isso ficamos gravitando entre essas duas esferas, custo e qualidade. Quanto maior a qualidade, maior o custo. Logo, qualidade menor, custo menor. Mas independente do nível de qualidade do produto que está buscando, você tem que comprar ao menos 30% mais barato do que compraria no Brasil para ter uma grande vantagem competitiva em relação aos seus concorrentes. E assim oferecer um bom serviço, um bom produto, para a sua clientela e lucrar um bom dinheiro.

Quer ver este conteúdo em vídeo? Veja aqui!

Bora Importar!

importar

Se você quer começar a importar e precisa de ajuda conte com a China Gate, estamos aqui! Abra um atendimento, clicando aqui. Um dos nossos consultores vai entrar em contato com você.