Quais Produtos o Brasil Importa da China?

Tempo de leitura: 6 minutos

A China é o maior parceiro comercial do Brasil, desde 2009. Para se ter uma ideia a balança comercial brasileiro depende muito das exportações para a China, principalmente de produtos de origem agrícola e pecuária, mas também de itens da mineração. Por outro lado, a China é o maior exportador do mundo. Entre 2008 e 2019, o volume de exportações de produtos para o Brasil só aumentou, alcançando o maior patamar em 2014, com US$ 36 bilhões exportados. Mas quais produtos que o Brasil importa da China?

Em 2019, o Ministério da Economia apontou que 98% dos produtos importados da China pelo Brasil são de manufaturados. Sendo que naquele mesmo ano, 28% de todas as importações feitas pelo Brasil, tiveram o país asiático como origem. Nesse texto, você irá conhecer alguns desses produtos.

Compensa Importar Produtos Manufaturados da China?

A China é um país que produz de tudo, com a qualidade que o importador desejar. Ou seja, se quiser um produto de alta qualidade, é possível encontrar. Se quiser produtos de qualidade baixa, a China também fabrica. Entretanto, os chineses são muito bons em atender as necessidades do meio termo entre essas duas pontas. Eles tem bastante experiência no middle market, além de ter conhecimento em comércio exterior.

Dessa forma, os produtos manufaturados são aqueles que tem alto valor agregado e precisam de alta tecnologia para serem produzidos. Esses produtos podem ser celulares, eletrodomésticos, equipamentos para geração de energia solar, equipamentos para uso na indústria química e automobilística e por aí vai. Muitos dos produtos importados pelo Brasil, e você, caro importador, são manufaturados.

O Importador deve ter percebido que essa classes de produtos envolve produtos muito diferentes entre si, principalmente no que diz respeito a tamanho, o que impacta diretamente no valor do frete. Alguns deles ainda pode precisar de homologação ou certificação em agências reguladoras brasileiras.

Então, é preciso fazer uma análise de viabilidade caso a caso. Vamos alguns desses produtos?

Produtos para Telecomunicação, Peças e Acessórios

Aqui se encaixam insumos e equipamentos voltados para telefonia móvel, internet banda larga e TV por assinatura, principalmente de uso residencial. O Brasil possui poucos fabricantes desses tipos de produtos. Dessa forma, eles precisam ser importados. Além disso, a implementação da internet 5G no país, pode abrir grandes janelas de oportunidades.

A China é um grande produtor desse produtos, já que estão por lá os grandes produtores de equipamento e insumos para esse nicho de mercado. A ressalva aqui é para que o importador evite importar objetos de marca. Ou seja, o aconselhável é sempre conquistar o mercado através de produtos de marca própria e, se possível, exclusivos.

É importante que o importador verifique a necessidade de certificação ou homologação de agências reguladoras brasileiros, como o Inmentro ou da Anatel, por exemplo.

Circuitos Impressos e Partes de Aparelho de Telefonia

Esses produtos são utilizados para fazer consertos e manutenção em aparelhos de telefonia. Por serem itens de pequeno volume, fazer a importação por via área pode ser considerado uma boa estratégia, como numa importação simplificada, por exemplo.

Um das vantagens da importação simplificada é que ela é bastante fácil de fazer. Ela não exige a habilitação do radar siscomex. Além disso, dispensa o importador de contratar um despachante aduaneiro. Além do mais, o importador não tem muito com o que se preocupar, já que a importadora toma conta de quase tudo. A importação simplificada vale a pena para quem quer importar até US$ 3 mil. Mas, nesse total deve estar incluso o valor dos produtos, o valor do frete e o custo do seguro.

Compensa Importar Roupa da China?

O Brasil é um grande produtor de derivados de algodão. Então, se a intenção for trazer esse tipo de produto, não vale a pena. Por outro lado, a aposta em fibras sintéticas e artificiais pode ser uma boa. A importação desses artigo é complexa, isso devido ao tamanho do pedido mínimo.

Além disso, os impostos que incidem sobre os itens é também pesada. E, por fim, é necessário chegar com um modelo pronto da roupa na China, já que não é possível desenvolver a questão da modelagem pela internet.

Quer saber mais sobre importação de roupas da China? Assista ao vídeo abaixo.

Válvulas e tubos termiônicas, de cátodo frio o foto-cátodo, diodos e transistores;

Esses componentes estão em equipamentos de som, por exemplo. Um exemplo de aplicação é nas caixas valvuladas para guitarras. Elas geram uma sonoridade considerada melhor do que aquela gerada pelos transistores. Além disso, as válvulas e tubos estão na indústria para diversos fins.

O Brasil também tem déficit de produção desses itens, não sendo capaz de atender a demanda como um todo. O Custo de importação desses produtos é relativamente baixo.

Quais os melhores produtos para importar da China?

Gostaria de colocar uma lista com os produtos certos para você importar com segurança e lucratividade, mas não é assim que a banda toca. Posso comparar a importação com um produto de uso pessoal, uma camisa feita sob medida para você. Então, essa camisa é confeccionada observando as medidas do seu corpo, a largura do braço, o tamanho do ombro, por exemplo. Tudo isso com o objetivo de proporcionar o caimento perfeito.

A importação também é assim. Sendo preciso analisar as possibilidade e capacidades de investimento do importador, para um produto específico e, com isso, saber se esse item é viável no mercado. É preciso ter um panorama claro se a importação vai trazer lucro para empresa e influenciar positivamente a longevidade do negócio.

Quer saber mais sobre como pensar a estrutura de uma importação ideal para você? Toque aqui.

Importação Digital: A Melhor Forma para Importar da China

O Importação Digital é um serviço em que você tem acesso ao nosso container compartilhado. Com ele, você paga um preço fixo por metro cúbico utilizado. Dessa forma, você faz um investimento de US$ 247* por metro cúbico utilizado, sendo que essa metragem é espaço mínimo que precisa ser contratado.

O time da China Gate cuida de todo o processo burocrático. Ou seja, cuidamos dos custos de importação e dos procedimentos burocráticos de importação na aduana brasileira. Por isso, o fornecedor só terá o trabalho de realizar a busca, a negociação e o pagamento junto os fornecedores chineses.

Para conhecer mais detalhes do Importação Digital, toque no botão abaixo.

*Valor praticado em Maio de 2021, sujeito a alteração a qualquer momento.