O Que a Havan e a Multilaser nos Ensinam sobre Importação e Negócios?

O que grandes empresas importadoras no Brasil podem nos ensinar sobre negócios e importação? Será que ter uma visão a longo prazo é importante para alcançar o sucesso? Nesse texto, o importador vai entender por que criar estratégias e ações capazes para consolidar uma empresa é tão importante.

Por outro lado, o senso comum diz que somos muito guiados e motivados para resultados no hoje e agora. O que não é de todo ruim, mas sem dúvida não é algo que contribua com a saúde de uma empresa ou um importadora, por exemplo.

Eu ouvi uma frase atribuída ao Bill Gates que eu nunca mais esqueci. Ele disse que as pessoas superestimam o que podem fazer em um ano e subestimam o que podem fazer em dez anos!

E no ramo de importação isso é muito verdade.  Todos estão preocupados com o tal do produto coringa, de venda rápida, em grande volume e lucro alto. Muita gente pensando em 2022, mas pouca gente pensando em 2032. 

O que é curioso por que se a gente for pensar bem, quem são as pessoas que admiramos hoje no mundo dos negócios? Faz quanto tempo que essa pessoa está no negócio? Com certeza, na esmagadora maioria dos casos, ela começou há um bom tempo.  Ou seja, não é algo recente! Os resultados vem da consistência.

Quer exemplos para se inspirar?

Então, vamos nessa!

Imaginarium: Empresa Importadora de Produtos com Valor Agregado

A Imaginarium é uma loja que eu adoro visitar. Sou cliente e fã. Essa é mais uma das empresas importadoras no Brasil.

Eles dão aula sobre produto e valor agregado. Até já comentei deles em um artigo no meu blog, falando sobre empresas que mandam bem mesmo com dólar alto. Mas, como eles trabalham?

A Imaginarium foi criada no início da década de 1990. Na época, os donos buscavam passar mais tempo em família, dessa forma, passaram a criar e produzir enfeites de natal para decoração. No começo, a ideia era que os produtos proporcionassem aconchego, que promovessem o compartilhamento em família.

Com o crescimento da Imaginarium, o que levou a marca a se solidificar como uma grande franquia, o investimento passou a ser em produtos com desing inovador. Além disso, que assumissem uma característica divertida e alegre.

É isso que agrega valor aos produtos da empresa. Ou seja, o consumidor não leva somente um produto para casa. Ele compra também um jeito de se relacionar com esse produto. Ou seja, esse novo objeto leva uma série de outros significados, modos de ver e viver o dia-a-dia para a vida dessa pessoa.

Por isso, a Imaginarium é uma empresa tão bacana e de sucesso. Quer saber outra coisa importante?

De todos os produtos, 80% são importados da China. 

Agora veja um outro exemplo de empresa, que você já deve ter visto por aí.

Imagem mostra cachorro com coleira estilizada, um item que pode ser importado por uma empresa brasileira e comercializado
Foto de Jake Oates, retirado de Unsplash.com

Zee.Dog e a Importância da Marca Própria

A importação de produtos com marca própria é uma tecla na qual sempre bato aqui no blog. As grandes empresas brasileiras que fazem importação sabem muito bem disso. Ou seja, faz todo sentido a construção e desenvolvimento de uma marca no mercado, com o pensamento a longo prazo nos negócios.

Por exemplo, a Zee.Dog é uma empresa fundada em 2011. Em ano de pandemia, um 2021 difícil para muita gente. A Zee com seus produtos já apresenta um faturamento de 228 milhões de Reais. Esse resultado já caracteriza um crescimento de 83% sobre 2020, com lucro de 22 milhões de dólares até agora. 

Agora em Agosto de 2021, a Zee.Dog foi comprada pela Petz pela valor de 715 milhões reais. Que tal? Acredito que esses números mostram o poder de fazer um trabalho consistente, diferenciado e de marca própria. 

O caso da Zee.Dog é bastante inspirador. Se você olhar com cuidado os produtos da empresa vai perceber que eles não foram desenvolvidos somente para os pets. Eles também são pensados para agradar os donos de animais de estimação.

Então, os itens são estilosos, muito bem produzidos e bonitos. Ou seja, são produtos que dialogam com a personalidade e os gostos de quem compra. Não é uma simples coleira ou uma guia para cachorro.

Então, se você está pensando em ser grande, considere criar sua própria marca e mostre ela ao mundo, ok?

Multilaser: Do Cartucho de Toner à Diversificação de Produtos Tecnológicos

A história da Multilaser é muito inspiradora. Eles começaram enchendo cartuchos de toner no início dos anos de 1980. Hoje, são uma potência. 

A empresa foi fundada por Israel Ostrowiecki, filho de migrates poloneses. No início, importava copiadoras para xerox. Posteriormente, inaugurou a reciclagem de cartuchos de tintas para impressora. Um serviço totalmente novo no Brasil e na América Latina.

Entretanto, a Multilaser se tornou o que era hoje devido a morte de Israel, quando ele desapareceu durante um mergulho na Costa Rica. Com isso, o filho Alexandre, de apenas 24 anos, juntamente com o sócio Renato Feder, resolveram transformar uma empresa com 200 funcionários, e faturamento de R$ 30 milhões em uma gigante.

Mas, não foi fácil. A Multilaser entrou de cabeça no ramo de tecnologia, competindo com grandes empresas estrangeiras no ramo de celulares e tablets, por exemplo. Antes disso, desenvolveram linhas de tocadores de Mp3 e câmeras digitais.

Por outro lado, a empresa foi se consolidando no ramo de periféricos para informática, como mouses, teclados e caixas de som. A partir de 2017, a Multilaser começou a incorporar outras marcas, como a Giga Security e expandiu as operações para o ramo de segurança e monitoramento

Em 2017, a empresa vendeu R$ 40 milhões e contava com mais de 3 mil funcionários. Recentemente, eles abriram ações na bolsa recentemente e continuam fazendo aquisições. 

Agora pensa comigo! Quantas importadoras estão nascendo hoje. Ou estão em atividade hoje, mesmo sendo pequenas, que se tornarão tão ou mais bem sucedidas que esses exemplos que estou te mostrando aqui? 

Lojas Havan: 160 Unidades e mais de 20 mil Colaboradores

Tem um outro cara que você deve conhecer como “Véio da Havan”. Esse cara é icônico. Recentemente, assisti a um bate papo com ele no Flow Podcast. 

A empresa começou as atividades em 1986, na cidade de Brusque, no interior de Santa Catarina, comercializando tecidos no atacado. Já na década de 1990, a Havan começou a trabalhar com importação de tecidos e outros produtos de pouco valor agregado.

Nessa mesma época, com a desvalorização do câmbio, a Havan mudou a formação de atuação para lojas de departamento. Ao mesmo tempo, a empresa começava sua expansão na região sul do país. Ou seja, inaugurando lojas em Curitiba, Florianópolis e Joinville, por exemplo.

Quem chega primeiro bebe água limpa. Hoje ele simplesmente tem mais de 20 mil funcionários e 160 lojas.

Retirado de Unsplash.com

O Que há em Comum Entre Essas Empresas Importadoras no Brasil?

Em todos esses casos de empresas importadoras no Brasil, podemos nota claramente duas características principais. A primeira delas é a constância, aliada a visão de longo prazo. Sem dúvida, esses são fatores que fazem com que o importador ou empreendedor trace e desenvolva ações de forma massiva para que seu negócio cresça e fature.

O segundo ponto em comum de todos os casos analisados aqui é a importação. Ela foi usada como uma ferramenta para tornar o negócio competitivo. Mas, além disso, é a base da construção de estratégias de marketing e vendas poderosas.

Então, se você quer começar uma empresa importadora, se ligue nas lições que podemos tirar dos exemplos que citei acima.

1. Invista na Construção de uma Marcar Própria

A Apple ganha muito dinheiro vendendo Iphone no mundo inteiro? Com certeza. A Samsung e Xiaomi também fazem isso. Mas esse negócio é lucrativo para eles e para seus representantes e distribuidores ao redor do planeta.

Se você quer ser um importador ou empreendedor de sucesso esqueça as marcas famosas. Primeiro, por que você não vai conseguir licença de importação deles, a não ser que tenha um contêiner de dinheiro para investir nisso.

Se inspire nesses caras, mas faça seu próprio caminho. Daqui a dez anos, você não vai se arrepender de ter desejado e atuado para ser produtos e marcas consolidados na cabeça do consumidor.

Quer saber mais sobre importação de produtos com marca própria? Assista ao vídeo abaixo.

2. Empresas Importadoras tem um Diferencial Competitivo no Mercado

A Zee.Dog atua no ramo pet. Entretanto seus produtos agradam e dialogam com estilo de vida dos donos dos pets. A Imaginarium cria experiências divertidas, com design inovador para momentos em família ou do lado de quem você ama.

Por sua vez, a Multilaser se diversificou no mercado de eletrônicos, abrangendo vários nichos e oferecendo produtos de qualidade a preços acessíveis. Já a Havan é uma empresa referência em lojas de departamento, com marketing agressivo expandindo o negócio para todo o Brasil.

Ou seja, grandes empresas importadoras e que fazem grandes negócios tem um diferencial no mercado.

Já pensou qual vai ser o diferencial da sua empresa?

3. Quanto mais Cedo Começar a Importar, melhor!

O Brasil tem quase 7 milhões de empresas que são comércio e menos de 1% delas são importadoras. Ou seja, menos de 50 mil delas fazem importação. Os dados são do Ministério da Economia.

Então, se dividirmos 42.579 empresas importadoras por 6.449.443 que é o número de empresas comerciais no Brasil, chegamos ao valor de 0,66%. 

Isso quer dizer que o número de importadoras no Brasil é menos de 1%.  Com isso, podemos concluir que existe um mar de oportunidades ainda não exploradas para se ganhar dinheiro com importação no Brasil. E, se você pensa a longo prazo, as chances de sucesso são tremendas.

Sabia que você pode dar o primeiro passo agora mesmo?

Alibaba Sem Segredos: Encontrando Boas Oportunidade de Importação na China

O Alibaba sem Segredos é um curso gratuito e on-line. Com ele, você aprende a encontrar bons fornecedores e oportunidades de produtos no maior site de importação do planeta, o Alibaba.

Ao todo, são 9 aulas onde você irá aprender a negociar com fornecedores chineses, fazer busca de produtos, avaliar se o fornecedor é de segurança, realizar pagamento, contratação de frete entre outros assuntos.

O Curso totalmente ministrado pelo Rodrigo Giraldelli, diretor da China Gate, com mais de 20 anos de experiência no ramo de importação da China.

E aí, vai ficar de fora dessa?

Dilvo Rodrigues

Dilvo Rodrigues

Nascido nas Minas Gerais, formado em jornalismo e apaixonado por cinema. Sou pai do Francisco, prezo por uma história bem contada e tenho muito gosto por aprender coisas novas. Sou Redator na China Gate, e ajudo pessoas a tomarem as melhores decisões sobre importação da China.
Dilvo Rodrigues

Dilvo Rodrigues

Nascido nas Minas Gerais, formado em jornalismo e apaixonado por cinema. Sou pai do Francisco, prezo por uma história bem contada e tenho muito gosto por aprender coisas novas. Sou Redator na China Gate, e ajudo pessoas a tomarem as melhores decisões sobre importação da China.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Postagens Recentes

Alibaba Sem Segredos

Curso Gratuito para você que deseja começar a importar da China!