Sua ideia de importação pode ser viável e nós podemos te ajudar

Search
Close this search box.
Qual o valor mínimo para começar a importar?

Essa talvez seja a maior dúvida de toda pessoa que está querendo começar a importar da China ou de qualquer outro país: qual o valor mínimo para importar?

De antemão, é preciso dizer que pela lei não existe um valor mínimo para importar. Com qualquer quantia você pode trazer seus produtos da China.

Entretanto, é preciso dizer que esta pergunta não se limita a apenas dinheiro. Existem muitas variáveis em questão e se algum requisito não for cumprido, você verá seu dinheiro ir para o ralo. Não é porque não existe valor mínimo que compensa importar qualquer valor.

Como nós, da China Gate, só trabalhamos com importação empresarial, uma outra pergunta precisa ser feita para a saúde de sua empresa: será que compensa importar?

Por isso, preparamos este artigo para te explicar sobre valor mínimo de importação e também te mostrar quando vale a pena ou não investir seu dinheiro em produtos importados.

Quando compensa importar?

Antes de mais nada, precisamos entender que o objetivo de toda importação, para revenda, é ter uma boa margem de lucro. Quem já vende produtos nacionais, busca aumentar a sua margem comprando produtos mais baratos na China. Quem ainda não vende, está buscando um negócio para ter segurança para aumentar o capital.

Nós temos relatos de clientes que compram um produto na China e chega pela metade do preço ou até menos, do que é comercializado pelos fornecedores no Brasil, dependendo do pedido e do ramo.

O recomendável, para uma importação ser viável, é o produto custar, ao final de toda operação, 30% ou menos do valor que é vendido aqui no Brasil. Por exemplo, se você compra um produto a R$ 100,00 do fornecedor nacional, para a importação valer a pena, ele tem que chegar no máximo em R$ 70,00 com todas as despesas. O que estiver fora desse número, não compensa importar.

Isso deve-se ao fato, de que comprando aqui no Brasil, você pode conseguir prazo para o pagamento, além da entrega ser muito mais rápida. Comprando na China, mesmo mais barato, você precisa pagar antecipadamente o fornecedor e a mercadoria demora, em média, de três a cinco meses para chegar, deixando seu capital parado.

Por isso só compensa importar quando o custo do produto for realmente baixo, compensando esses outros fatores!

Quem já trabalha revendendo produtos, saberá facilmente identificar a viabilidade da importação com esses dados. Se você ainda não vende e quer começar, faça uma simulação de custos da importação e veja por quanto os fornecedores nacionais vendem para ter uma noção.

Agora que você já entendeu quando compensa ou não importar da China, vamos agora ver como decidir qual o valor do investimento na importação.

Para cada tipo de produto, um valor diferente

Nem sempre o produto que você quer importar vai ser viável. Por exemplo, se você está querendo importar painéis solares, para sua importação ser rentável, será necessário importar pelo menos um container fechado, uma vez que o produto é volumoso e com custo alto. Se este for o seu produto, pode separar em torno de R$ 300 mil para começar.

Já produtos pequenos, como cabos de celulares, por exemplo, com um capital R$ 10 mil ou até menos, você já faz um grande negócio.

Em síntese, o que queremos dizer com isso é que para cada tipo de produto, será necessário um valor diferente. Além disso, os impostos e outras taxas também são calculados de maneira diferente para produtos diferentes.

Seja como for, a dica é: veja o produto que você quer importar e compare com o seu capital disponível e faça a simulação de custos. Só depois da simulação é que você poderá decidir com certeza se vale a pena ou não importar.

Mais importante do que descobrir o valor mínimo para começar a importar é decidir a viabilidade da importação

Definindo a quantidade inicial

Se você já revende produtos em sua loja e quer começar a importar, recomendamos que você importe, no mínimo, a quantidade do produto importado que você vende em até 90 dias. Por exemplo, se hoje, você vende 300 unidades deste produto por mês, importe 900 unidades.

Se o custo da unidade não validar a operação, você pode experimentar importar a quantidade para 180 dias, 1 ano, etc a depender de seu capital. Isso porque quanto mais você importar, menor será o custo unitário do seu produto, aumentando, portanto, a chance de ter uma boa margem de lucro.

Agora, se você ainda não trabalha vendendo produtos, será necessário fazer uma boa pesquisa de mercado para o produto desejado e fazer uma estimativa sobre o giro do estoque.

E como saber quanto essa quantidade vai custar?

Depois de encontrar o seu fornecedor, faça uma simulação de custos e veja por quanto o produto vai chegar no final, somando todos as demais despesas e tributos.

Os clientes que fazem sua importação conosco, recebem uma simulação de custos completa e detalhada para verificar a possibilidade. Faça sua importação com a gente e veja de forma simples a viabilidade de sua importação.

Em contrapartida, mesmo você não sendo nosso cliente (ainda!) já pode usufruir de nossos produtos. Nós disponibilizamos gratuitamente uma planilha para você calcular o custo de sua importação de maneira prática. Clique aqui e tenha acesso a planilha de Custos da Importação.

Muita atenção com as tarifas na importação!

Uma outra dica para quem quer começar a importar da China é dividir seu capital disponível pela metade: uma parte para os custos do produto e a outra para os custos da operação. Em outras palavras, se você tem R$ 20 mil disponível, compre seus produtos até R$ 10 mil e a outra metade será para custear os impostos, seguros, fretes e taxas aduaneiras.

Chegamos a esta conclusão pois, na média, as importações têm seus custos distribuídos dessa forma: metade produtos e metade tarifas. Não adianta comprar tudo em produto e perder sua importação por falta de pagamento na chegada no Brasil.

Em mais de 20 anos de experiência, nós já presenciamos muitos importadores que perderam suas cargas e levaram multas porque não tinham como pagar os custos do desembaraço e entrega, por exemplo. Só de impostos, são cinco tipos de diferentes que o importador precisa pagar. Portanto, não negligencie esses valores na hora de calcular sua importação!

A regra é não desanimar

Se após a simulação de custos, você viu que não é viável importar ainda, seja pelo produto ou pelo capital disponível, não desanime. Você pode buscar outros tipos de produtos, por exemplo. Quantos produtos made in China tem na sua casa ou no seu escritório? Se tem no Brasil, tem alguém importando e ganhando dinheiro. Fique atento!

Em média, os nossos clientes começam a importar de R$ 20 mil a R$ 30 mil. Entretanto, temos casos de clientes que começaram com R$ 5 mil, R$ 7 mil, dependendo do produto.

Se você ainda não tem o capital necessário para começar, continue vendendo produtos nacionais e logo você conseguirá trazer seus produtos da China, com uma boa margem de lucro.

Em resumo, qual o valor mínimo para importar?

De acordo com tudo o que falamos aqui, essa resposta não é exata. É fato que não existe um valor mínimo para importar, mas não é só com isso que o importador deve se preocupar. Ele deve, acima de tudo, se preocupar com a viabilidade de sua operação.

São muitas variáveis na mesa que precisam ser analisadas e não podem ser deixadas de lado. Um valor muito baixo, pode inviabilizar toda a importação. Contudo, não é necessário valores astronômicos para começar. Você pode começar com pouco e ir escalando seu faturamento.

A resposta exata para o quanto você precisa investir para começar, só será possível após uma boa análise do mercado e uma simulação de custos.

Nós disponibilizamos o Mapa da Mina com informações preciosas para diversos nichos, de acordo com o capital disponível. Clique aqui e acesse.

Conheça também nossa série Produto Validado, onde apresentamos e analisamos a viabilidade de diversos produtos para você importar.

Comece a importar com baixo custo

A melhor maneira de você economizar na sua importação, mantendo toda segurança e legalidade da operação é através do nosso serviço de containers compartilhados: o Importação Digital.

Nele você você recebe toda simulação de custos antes de fazer sua importação e não precisa se preocupar com a burocracia. Seu fornecedor entrega para nós na China e nós entregamos para você no Brasil.

Clique aqui e entre para o Importação Digital, com containers saindo a cada 15 dias da China.

Gustavo Batilani

Gustavo Batilani

Formado em Copywriting e Redação, com 02 anos de experiência na área. Apaixonado por pessoas e processos. Possui experiência também na área de gestão e administração.
Gustavo Batilani

Gustavo Batilani

Formado em Copywriting e Redação, com 02 anos de experiência na área. Apaixonado por pessoas e processos. Possui experiência também na área de gestão e administração.

Uma resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Postagens Recentes