[Inspeção de Embarque] Saiba se o que você comprou está realmente dentro do contêiner

Tempo de leitura: 10 minutos

Vai fazer uma importação empresarial, mas tem medo encontrar surpresas quando a sua mercadoria chegar ao Brasil? Ou então, o medo de simplesmente não encontrar nada da sua mercadoria? A resposta que vai te tranquilizar é saber como fazer uma boa inspeção de embarque.

Para ter a certeza que você não terá surpresas negativas ou prejuízos no seu contêiner, eu vou dar algumas opções que vão te ajudar nesse processo.

inspecao-de-embarque-1

Nesse artigo quero conversar com você sobre:

  1. Não perder dinheiro em importação da china
  2. Inspeção de cargas na China
  3. Uso de trading para garantir o seu embarque
  4. Motivos que podem levar você até a China para verificar seu embarque.

Está pronto?

Basicamente existem três formas para você garantir que seus produtos importados estejam mesmo no contêiner e cheguem ao Brasil, sem que você passe por algum susto. As três formas envolvem uma mesma palavra, calma, já eu falo qual é.

Quero que você pense em importação com a mentalidade de empresário, com a mentalidade de que para colher frutos tem que fazer a semeadura. Tem que plantar para depois colher.

É assim que os empresários de sucesso pensam. Sabem que antes do lucro, vem o investimento e o trabalho.

Bom, as opções são:

  • Contratar um inspetor;
  • contratar uma trading ou
  • ir você mesmo para a China.

Já percebeu qual a melhor forma de garantir que seus produtos embarquem corretamente? Isso mesmo, fazendo a inspeção da sua mercadoria.

Com a internet, tudo ficou mais rápido e fácil, mas algumas tarefas como inspeção de cargas, precisam ser executadas presencialmente.

Todas essas formas envolvem a palavra inspeção. Se você inspecionar a sua carga, o seu contêiner chegará corretamente com todos os seus produtos. Essa é a maneira mais eficiente de garantir o embarque correto das suas mercadorias.

Não dá para dizer qual dessas opções é a melhor. Tudo depende do investimento e do tipo de importação que você está realizando. Mas antes, vou explicar como cada uma dessas opções funciona.

O investimento em sua importação determina que tipo de inspeção você deve realizar.

Inspetor

Inspecao de embarque 2

A primeira opção é contratando um inspetor de carga. Esse profissional fará a inspeção dos seus produtos e irá verificar se tudo o que foi combinado com o fornecedor está dentro do contêiner.

Você passa detalhadamente o que você deseja, informações sobre o produto, para melhorar e facilitar a inspeção. É muito importante que essa pessoa seja um profissional e não apenas um conhecido ou amigo que more ou esteja na China.

Contratar “amigos” ou “conhecidos” que moram na China para te ajudar pode ser um tiro no pé.

O profissional de inspeção também faz a medição, observação e realiza testes necessários para verificar se os produtos estão de acordo com o que você combinou com os fornecedores e se necessário, de acordo com as normas técnicas do seu setor.

Por isso é importante que eles entendam sobre o produto para avaliar corretamente o resultado da inspeção.

Normalmente esses profissionais entregam relatórios de inspeção, com a conclusão das avaliações do produto. Procure um profissional com recomendações, para não ter problema com inspeções de ou de qualquer jeito ou de má qualidade, assim você não terá prejuízos.

E quanto custa?

Bem, não dá pra saber ao certo, pois a contratação de um inspetor, em resumo, tem dois custos, que são

  1. Custo do serviço de inspeção
  2. Custo das despesas de inspeção

No custo dos serviços, basicamente é valor que o inspetor vai receber pelo seu trabalho de visitar, conversar, tirar fotos, filmar, testar e fazer o relatório para você, o importador.

Isso geralmente fica em torno de 100 a 200 dólares, a depender da complexidade do serviço.

Já o segundo curso que mencionei acima, o das despesas de inspeção, resume nos valores que o inspetor vai gastar com a viagem, alimentação, transporte e hotel para fazer o serviço.

Não dá pra saber ao certo qual é o valor desse custo, pois a China é muito grande, assim como o Brasil, então tem que saber certinho onde estão os fornecedores que serão inspecionados e onde mora ou trabalha o inspetor que vai fazer a inspeção.

Por experiência, os custos com uma inspeção ficam entre 200 e 300 dólares.

Inspeção Acreditada

Talvez você já tenha ouvido falar em Inspeção Acreditada. Essa é o tipo de inspeção que exigida por órgãos anuentes com Inmetro, Ibama entre outros.

Ou seja, a inspeção que estou falando aqui nesse artigo ela serve para você, mas não serve para o Inmetro por exemplo, porque para uma inspeção valer como verdade para o Inmetro (ou qualquer outro órgão oficial), ela deve ser “acreditada”, por esse órgão.

Inspeção acreditada é aquela que tem o aval dos órgãos anuentes para serem executadas.

Na China, a SGS tem acreditação do Inmetro para fazer inspeções.

Clique aqui para ver os contatos dos escritórios da SGS na China.

Trading

A segunda opção é contratando uma trading chinesa. Digo… estabelecida na China.

A trading também irá inspecionar a sua mercadoria, assim como o inspetor. Mas ela oferece alguns serviços a mais.

Se você preferir, a trading também pode fazer o processo de exportação da China para o Brasil, prestando toda assessoria necessária pra rodar sua importação, bem mais que a inspeção.

Isso vai desde o contato com os fornecedores, inclusive a negociação com os fornecedores, o pagamento da sua compra, o recebimento das suas mercadorias, acompanha o embarque. Ela funciona como uma terceirização. Ela faz a ponte entre você e os fornecedores.

Inspecao de embarque 3

Ela te auxilia em todo o processo, inclusive negociando a respeito da diversidade de produtos, quantidade mínima, controle de qualidade, etc.. A trading também pode te ajudar na comunicação com os fornecedores, já que normalmente possuem o domínio no idioma nativo do local e também conhece aspectos culturais do país, que pode influenciar na negociação.

As tradings chinesas também conseguem consolidar as mercadorias de diferentes fornecedores em um mesmo contêiner. Isso pode reduzir custos e também outras despesas alfandegárias aqui no Brasil.

Veja as quatro principais vantagens de usar uma trading chinesa na sua importação:

  1. Juntar carga de vários fornecedores em um só embarque (e economizar seu dinheiro com isso)
  2. Fazer contrato de compra e venda de acordo com a legislação da China
  3. Inspetores chineses fazendo o serviço de verificação
  4. Comunicação clara e direta com seu fornecedor

E se você está pensando em uma “desvantagem” sobre contratar uma trading chinesa, eu diria que nada na vida vem de graça. Então, obviamente, você terá que pagar pelos serviços profissionais que contratar.

Não é bem uma desvantagem não é? Já que o benefício obtido é bem maior que o valor que vai pagar por isso.

Contratação de uma trading chinesa pode ter um excelente custo benefício para seu projeto.

Se quiser saber mais sobre sobre os serviços que nós podemos te oferecer na China, preencha um formulário de atendimento clicando aqui.

Quanto custa os serviços de uma trading?

Não há um padrão para dizer a você, de bate pronto, quanto uma trading chinesa cobraria para fazer o serviço na China, pois isso varia muito daquilo que você vai precisar.

Uma importação é como um jogo de LEGO, tem várias peças. Então você pode contratar a trading para organizar TODAS as peças do Lego (a importação completa) ou pode simplesmente contratar para uma ou duas peças, como inspeção de carga por exemplo.

Via de regra, você vai encontrar valores que variam muito. Desde 1% do valor do embarque até 10% do valor do embarque. Isso vai depender da trading e do tipo de serviço que você quer contratar.

Quanto mais complexo e trabalhoso o serviço, maior o percentual que a trading vai te cobrar.

Eu fiz um vídeo explicando melhor sobre esse negócio de importação vs. lego. Clique aqui e assista no youtube.

Você mesmo pode fazer

A terceira opção é você mesmo indo inspecionar. Nada melhor do que você mesmo para inspecionar os seus produtos e garantir o embarque, não é mesmo?

Mas isso é uma decisão que deve ser muito avaliada e planejada. Se você puder e o valor do investimento na importação compensar, você pode viajar para a China para checar o embarque da sua mercadoria de perto.

Compare o custo de uma viagem sua com o valor total do seu embarque, pode ser que compense você ir até a China para resolver tudo.

Você deve avaliar se esses custos com a viagem até a China irá compensar para a sua importação. “Como saber se essa é a melhor opção?”

Bom, se o investimento na sua importação for um valor muito alto; se os produtos que você está importando são de valor consideravelmente alto; ou se os custos e o tempo que você irá gastar com a viagem não lhe fizer falta, você deve ir pessoalmente.

Inspeção de Embarque 4

Se você fizer alguma dessas três opções que eu expliquei, o risco de haver problemas com o transporte e o embarque da sua mercadoria será praticamente zero, eu garanto.

Quanto gasta para ir até a China?

Em média, uma viagem para a China você vai gastar 3500 dólares. Sendo:

  • Passagem aérea = 1 mil dólares
  • Hotel para 7 dias = 1 mil dólares
  • Alimentação e Transporte = 750 dólares
  • Serviços de acompanhamento e tradução = 750 dólares

É claro que esses valores são sugeridos e podem aumentar muito dependendo da classe de passagem aérea que você viajar e da categoria do hotel que reservar.

Em síntese…

Se você quer garantir que seus produtos estejam realmente no contêiner e cheguem ao Brasil, sem prejuízos ou surpresas negativas (inclusive com a documentação), é necessário fazer a inspeção. Essa é a melhor maneira de garantir o embarque de suas mercadorias.

E para fazer essa inspeção, temos três opções:

  • A primeira é contratando um inspetor, um profissional para realizar a verificação.
  • A segunda opção é contratando uma trading, que além de inspecionar a carga, pode fazer outras etapas do processo da sua importação.
  • E a terceira opção é indo você mesmo para a China, para acompanhar de perto o embarque da sua mercadoria e ainda inspecionar os seus produtos.

Como eu já disse, não tem como dizer qual dessas opções é a melhor. É preciso analisar o valor do seu investimento na sua importação empresarial e também o tipo de produtos que você está comprando da China.

Mas, independente da forma, não deixe de inspecionar a sua mercadoria. Assim, você evita surpresas negativas quando a sua carga chegar. E nem corre o risco de sua mercadoria não chegar ou não estar de acordo com a qualidade desejada por você. O importante mesmo é inspecionar, não importa a opção.

Se você gosta do mercado de importação empresarial, aproveite e se inscreva no meu novo curso. São quatro aulas totalmente gratuitas. Clique aqui para ver agora.