Importação: Expectativa vs Realidade

Tempo de leitura: 6 minutos

Quando se fala de importação muitas dúvidas aparecem na cabeça de quem está querendo começar nesse negócio, então resolvi escrever pra ti sobre expectativa vs realidade de quem está começando nesse negócio.

Tanto para quem já tem uma empresa e busca importar para reduzir custos e aumentar lucros, quanto para quem quer montar uma empresa já focada em importação, essas dicas serão super úteis, e no final do post quero que você comente com uma expectativa que você tem sobre importação para que eu possa responder.

Então vamos lá… aqui vão 10 expectativas que você provavelmente já pensou, e a realidade para cada uma delas. No final eu volto com mais alguns comentários importantes sobre importação da China para sua empresa.

 

EXPECTATIVA VS REALIDADE

Expectativa 1:
Ganhar dinheiro com importação no curto prazo.

Realidade: apesar disso ser possível, vejo que a maioria dos meus clientes importadores de sucesso focam no médio prazo.


Expectativa 2:
Vender os produtos enquanto eles ainda não chegaram no Brasil e estão em transporte marítimo.

Realidade: os clientes exigentes estão cada vez mais priorizando entrega rápida, especialmente pela internet.


Expectativa 3:
Começar com pouquinho só pra ver se dá certo e depois ir aumentando.

Realidade: comprar de pouco (menos que 10 ou 20 mil dólares) pode não ser vantajoso e não ter vantagem alguma em importar.


Expectativa 4:
Fazer o próprio desembaraço aduaneiro para economizar na importação.

Realidade: importador não pode ser despachante aduaneiro


Expectativa 5:
Importar o que ninguém está importando ainda.

Realidade: se ninguém está importando é porque o produto não tem muito mercado ou não compensa (a menos que sejam produtos de criação ou desenvolvimento próprio)


Expectativa 6:
Querer importar para vender para um único cliente, geralmente amigo, que disse: Se tiver boa qualidade e bom preço, eu compro de você.

Realidade: qualquer comprador vai comprar de quem oferecer qualidade e bom preço.


Expectativa 7:
Ter incentivo fiscal para importar por empresa no Simples.

Realidade: não existe incentivo para importar nada.


Expectativa 8:
Comprar a prazo dos chineses.

Realidade: o pagamento das importações na China acontecem 100% antecipadas.


Expectativa 9:
Ter exclusividade na compra de produtos de fábrica Chinesa.

Realidade: exclusividade está relacionado com seu volume de compras, dificilmente o chinês vai dar exclusividade para quem compra pouco.


Expectativa 10:
Importar em nome de uma trading para não ter que ter o Radar Siscomex.

Realidade: Todas as empresas, de qualquer porte, tem que ter radar para importar com seu próprio capital, mesmo através de trading.


Agora você deve estar pensando que eu estou te desanimando com esse negócio de importação.

Lógico que não!

Agora, mesmo assim, com tantas realidades colocadas na nossa cara, será que compensa importar?

Lógico que sim!

Será que importação compensa?

Deixe eu te mostrar algo interessante.

Se não compensasse, o número de importação não estaria aumentando em montante financeiro (em dólares). Olha o gráfico abaixo, nas barras de cor azul, onde a gente vê um crescimento bem claro de 2007 até 2014, depois recuamos por dois anos por conta da baixa da economia e crise política do “Fora Dilma” mas já retomamos em 2017 o crescimento na importação.

E em 2018 a coisa tá quente, olha o gráfico de Janeiro a Abril de 2018 em comparação com o mesmo período de 2017. Estamos com mais de 10 bilhões de importações até Abril, contra 8 bilhões no ano de 2017. Esse valor equivale a 25% a mais que 2017. Veja abaixo.

Os dados são do MDIC –  Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio e podem ser acessados em um link amigável que fiz para você aqui em www.chinagate.com.br/estatisticas

Agora tem outro fator interessante… o número de empresas importadoras está crescendo, e isso também indica que apesar dos pesares, apesar de toda essas “realidades” que te apresentei aqui, mais e mais pessoas estão importando.

Veja:

Os dados também são do MDIC. Tirando 2015 e 2016, que tivemos o desânimo total com a crise política, em 2017 pessoal já voltou mais animado e 2018 ainda mais.

Sinal que mais gente está importando e… será que estão ganhando dinheiro? É claro que sim.

Isso acontece por um motivo muito simples. O Brasil está ficando cada vez mais global. E cada vez mais está precisando importar coisas que não tem aqui.

Também tem o fato de cada vez está mais caro produzir no Brasil, então automaticamente os custos de importar ficam mais baratos que comprar aqui (para muitos produtos, mas não todos, é claro).

E tem outra coisa que ajuda muito também, está acontecendo de cada vez mais compensando importar em lotes menores.

Quando eu digo lotes menores, é importação de um mínimo de 10 ou 20 mil dólares. Menos que isso pode compensar, mas nem sempre. Então melhor comprar no Brasil.

O mais importante é você ter um bom ramo definido e avançar, um passo de cada vez rumo a consolidação do seu negócio de importação.

E agora vou te dar o próximo passo que você deve dar, de acordo com o seu momento.

Se você ainda não tem um ramo definido, quero sugerir alguns vídeos de oportunidades de importação que você pode ver agora mesmo no youtube acessando o link abaixo.

www.chinagate.com.br/oportunidades

Se você já tem o ramo definido e quer aprender como se faz uma importação tão bem como a gente aqui no China Gate, podemos te ensinar tudo e ainda tirar suas dúvidas. Segue aqui o link para um vídeo onde tem o seu próximo passo. Clique aqui para ver.

Agora se você está com pressa e quer que nós aqui do China Gate façamos a importação pra ti e vá te informando tudo o que está acontecendo, então podemos prestar esse serviço pra ti. E neste caso o que você tem que fazer é clicar aqui nesse link, preencher um formulário que vou pedir para um consultor te responder até amanhã. Clique aqui para falar com a gente.

Agora comente aqui abaixo se tem alguma expectativa quanto à sua importação que eu não tenha falado, que volto aqui depois pra te responder.