Importação de Peças Automotivas

Tempo de leitura: 1 minuto

Esta é uma boa oportunidade de importação. Rodrigo comenta aqui sobre peças paralelas e não originais, pois é um mercado dominado pelas donas das marcas, não compensa importar peças de grandes marcas como Chevrolet, Volkswagen, Ford, que seriam as originais dos carros, mas sim marcas paralelas.

Dentro desse mercado há vários tipos de peças, de reposição, estética, reparo, lataria, plástica, elétrica, mecânica. Todos esses componentes podem ser importados, desde que de marcas paralelas devido ao custo ser bem menor.

Além dessa infinidade de peças, há diferentes linhas de carro. Um problema para quem vai importar esse tipo de produto é a grande variedade de peças para diversos modelos de carros, de diferentes anos. Resumindo, a variedade é absurda, é muita peça.

Para facilitar a busca há um código em cada peça. Com ele fica mais fácil e seguro encontrar a peça correta, para que você não corra o risco de comprar uma peça com as medidas diferentes da que você vende. A dica do Rodrigo é: faça sua marca, coloque sua marca na peça, na caixa.

Outro ponto importante, se você não entende desse ramo, tenha um especialista com você, para que você compre os produtos certos, que serão vendidos. Sem experiência há uma grande chance de comprar produtos que não vendem e você ficar com dinheiro parado no estoque.

Ficou interessado em importar? Nós podemos te ajudar, basta solicitar um atendimento clicando aqui, que um dos nossos consultores China Gate entrará em contato com você!

Quer saber mais sobre importação? Conheça o nosso NOVO curso gratuito de 4 aulas em: http://bit.ly/curso-cic