Saiba como comprar em pouca quantidade da China

Tempo de leitura: 7 minutos

Importação de produtos da China está ficando muito acessível à pequenas e médias empresas, cada vez mais. Percebo que o volume de importação da China para o Brasil aumenta porém o valor médio de cada importação está cada vez menor. Isso é prova que comprar em pouca quantidade na China é mais que uma tendência, é uma realidade.

Você não precisa importar um contêiner inteiro, pode importar, metade, 1/3, o tanto que você quiser. E além disso, você pode embarcar em um mesmo contêiner, produtos diferentes e de vários fornecedores.

Sim, pode acreditar, é totalmente possível realizar uma importação com vários fornecedores e grande variedade. Mas será que compensa? Sim, dependendo do seu tipo de negócio, pode compensar muito.

Dependendo do seu tipo de negócio, do tipo de produto, importar em pequenas quantidades compensa.

Comprar em Pouca Quantidade em cargas consolidadas

Se você deseja importar uma quantidade menor, mas com uma variedade maior, pode consolidar a sua carga, com produtos de vários fornecedores em um mesmo embarque, em um mesmo contêiner. Você pode fazer isso de duas formas.

Consolidação Direta

Na primeira forma, você faz essa consolidação de forma direta, com seu agente de cargas.  Conforme você for comprando, o seu agente vai guardando os produtos no depósito/armazém dele. Depois ele embarca a carga uma única vez.

Mas, isso pode não ser vantajoso. De acordo com a lei brasileira, você terá que pagar cada fornecedor individualmente. E quando essa carga chegar aos portos brasileiros, você terá que fazer o despacho aduaneiro individualmente também. Ou seja, um documento de nacionalização para cada fornecedor, você terá que pagar os impostos individualmente também.

Os impostos você paga um percentual, então aqui não tem diferença fazer uma ou várias importações, mas as taxas de portos e aeroportos, isso é pago um valor quase fixo por importação, por cada processo de importação. Então mesmo trazendo tudo dentro do mesmo container, se tiver 10 pedidos de 10 fornecedores diferentes, serão feitos 10 diferentes processos de nacionalização, e isso pode encarecer seu produto.

Consolidação em uma Trading

Já na segunda forma você contrata uma trading. Essa é a maneira mais indicada, na minha opinião. A trading recebe o dinheiro que você enviar, inspeciona a carga, paga os fornecedores conforme as leis da China, consolida a carga, faz um documento só para o embarque e envia a sua mercadoria. Além disso, ela faz toda parte burocrática para você.

Nós, da China Gate temos parceria com uma trading chinesa e podemos ajudar você com o seu negócio de importação empresarial. Entre em contato com a gente.

Viajando para a China

Porém, se você deseja comprar de vários fornecedores, a melhor maneira de fazer isso é indo para a China. Sim, viajar para China. Porque? Você tem que concordar que é mais complicado gerenciar várias compras, vários fornecedores, estando aqui no Brasil, não é mesmo?

Para ir a China você terá que investir cerca de 3 a 4 mil dólares. Mas, tenho que lhe informar, a sua viagem só compensa se a sua importação for de, no mínimo, 20 mil dólares.

Você pode importar o valor que quiser, eu não quero podar seu potencial empreendedor, mas… gastando 3 mil dólares na viagem para comprar 10 mil dólares, é meio estranho.

O bom é que uma viagem, muitas vezes, frutifica para diversos pedidos. Então não precisa ir pra China todas as vezes para comprar.

Há uma maneira de não precisar viajar nessa etapa do processo de importação: contratando uma trading. Ela gerencia todas as compras, conforme elas forem sendo produzidas, para você.

Mas será que importar quantidade menor é legal?

Olha, se fosse algo ilegal, provavelmente eu não estaria falando aqui. Já que acredito que para dar certo e ter sucesso, tudo deve ser feito dentro das leis. Mas falando do ponto de vista legal, você pode importar apenas um produto, se quiser. Pode importar qualquer quantidade. Não há impedimento baseado em leis para isso.

Mas será que importar pequenas quantidades será viável para a sua importação? Depende. Mas quanto menor a quantidade, maior será o preço unitário.

É você quem define o ponto que determina se compensa ou não importar em pequena quantidade.

Um ponto que pode inviabilizar a sua importação é que grandes fábricas não aceitam pequenos pedidos. Muitas estabelecem uma quantidade mínima para produzir. Isso faz com que você tenha que comprar de intermediário, sendo assim, o valor do produto no momento da compra aumenta.

Quando você contrata um contêiner, pode escolher um inteiro ou só uma parte. Mas o valor do frete não é exatamente proporcional. Muitas vezes ao contratar o frete para metade de um container, o valor pode ser igual a se contratar o container inteiro.

As taxas do porto para container consolidado também aumentam em realação ao container inteiro. Então, se será viável ou não, dependerá muito do seu mercado. Não há barreiras na legislação, mas pode haver uma barreira comercial.

Clique aqui se quiser baixar uma planilha de custos para te ajudar a saber por quanto o seu produto vai chegar no Brasil.

Barreiras comercias para quantidade mínimas

Não existe uma quantidade mínima perante a Receita Federal e o governo brasileiro, com isso você não terá problemas. Mas existem alguns impedimentos comerciais, na venda e na compra. Calma, isso não quer dizer que você não deva importar em pequenas quantidades, porque na maioria dos casos, compensa. Mas, vou explicas essas barreiras para você.

Normalmente você compra diretamente de uma fábrica ou de uma trading. Porém muitas fábricas exigem uma quantidade mínima de compra. Lá na China, como aqui no Brasil e em vários países, você não consegue comprar pouca quantidade diretamente na fábrica. O mesmo acontece quando você compra de distribuidores.

MOQ = Minimum Order Quantity. Significa “Quantidade Mínima por Pedido” de um determinado produto.

Cabe a você decidir se será viável ou não comprar diretamente das fábricas. Mas, vale lembrar que quando você compra em pequenas quantidades, o preço da sua importação será diluído entre as unidades do produto.

embarque dos produtos 3

Mas tudo irá depender do tipo do seu negócio, do tipo de produto que você está importando, etc. Analise se aquela quantidade que você está importando irá lhe trazer lucros, se sim, tudo certo!

Resumindo…

Você pode importar a quantidade mínima que quiser da China, perante a lei. Um contêiner inteiro, meio, 1/3, etc. E além de importar a quantidade mínima que você deseja, você pode consolidar produtos de vários fornecedores em um mesmo contêiner.

Se o seu investimento de importação for maior que 20 mil dólares, compensa você ir para China, para controlar as suas compras de perto, já que são vários fornecedores ao mesmo tempo. Caso, você tenha contratado uma trading, você não precisará viajar nessa etapa do processo.

Existem duas formas para consolidar a sua carga na China, a primeira é diretamente com o seu agente de carga e a segunda é contratando uma trading. A segunda maneira é a mais indicada, já que a trading faz a parte burocrática, paga e inspeciona os produtos para você. E acaba compensando, já será apenas um despacho aduaneiro.

Mas, você precisa analisar se importar pequenas quantidades lhe trará lucros. Já que muitas fábricas só produzem com uma quantidade mínima especifica, você, talvez tenha que comprar de intermediários e não diretamente. Isso faz com que o produto fique um pouco mais caro.

Não estou falando que importar em pequenas quantidades não é viável, porque na maioria dos casos, é a melhor opção. Mas o que vale é analisar o seu projeto e definir o que é melhor para o seu negócio. A China Gate pode te ajudar.

Sua ideia de importação pode ser viável e nós aqui da China Gate podemos te Ajudar… abra um atendimento gratuito conosco clicando aqui agora mesmo.