Importação de Canecas para Sublimação (Encerrado)

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

Os profissionais da área de sublimação brasileiros estão buscando alternativas para abastecimento das canecas de cerâmica e porcelana.

Desde 2013 existe uma resolução de antidumping provisório para “objetos de louça para mesa” que afeta diretamente o setor de sublimação. Há uma discussão de que para esse setor em questão, as canecas não são para uso, mas sim considerados matéria prima, logo não deveria sofrer a tributação do antidumping. Veja aqui a resolução na íntegra.

Legislação a parte, temos 3 clientes interessados em importar canecas, mas eles estão buscando mais gente para aumentar o potencial de compras, conseguir descontos, conseguir pagar os impostos por conta da compra em escala maior e por fim dividir os custos e os produtos.

Caso você tenha interesse nessa oportunidade, entre em contato conosco.

rodrigo@chinagate.com.br


OPORTUNIDADE ENCERRADA!

Infelizmente não conseguimos juntar, ao mesmo tempo, o número suficiente de pessoas para importar.

 

  • fabio lucio

    ola amigo gostaria de saber como faço para importar canecas porcelanas.

  • Rodrigo Giraldelli

    Fabio, para canecas de porcelana a coisa está um pouco complicada, por causa de um direito de anti dumping provisório que existe nesse momento (Janeiro de 2015).

    Não tem compensado importar… sugiro que compre no Brasil. Infelizmente.

  • Edilson Martins

    Boa tarde Rodrigo!
    Fico muito feliz em saber que há pessoas como você que tenta de alguma forma contribuir com informações de interessantes sobre importação de produtos para sublimação em especial “canecas”
    Bom, trabalho no ramo de personalização desde 2007 e sonho em poder um dia importar produtos para sublimação. Ouvi dizer que tem um ótimo importador aqui no Brasil, que atende a pelo menos umas 3 grandes empresas distribuidoras desses produtos. Saberia dizer alguma coisa, ou se conhece alguém que faz este serviço?

    Um grade abraço e sucessos.
    Edilson

  • Gustavo

    Rodrigo,
    tudo bem?

    Este projeto ainda está de pé?
    Quantas pessoas é necessário para conseguir esta exportação? quanto sairia cada caneca? Acredito que posso tentar conseguir uma quantidade boa de pessoas para importar.
    Outra dúvida, chegando o material ao Brasil como encaminhar para as pessoas que estão distantes?

    Att,
    Gustavo – BH

  • Rodrigo Giraldelli

    Oi Edilson, tudo bem? Não conheço esse importador.

  • Rodrigo Giraldelli

    Oi Gustavo, infelizmente não está de pé. Não consegui o número de pessoas para evoluir na pesquisa.

    Ao que me consta, não tem compensado importar nem em quantidades maiores.

  • Rubens

    Gostaria de saber se ainda tem como importar canecas sublimaticas?
    Desde já muito obrigado.

    Att,
    Rubens

  • Rodrigo Giraldelli

    OI Rubens, tudo bem? Não tem sido viável importar canecas de porcelana ou cerâmica.

  • juraci

    meu nome é Juraci santos
    e também tenho interesse de importar canecas para sublimação ou conseguir as canecas mais em conta quem tiver alguma sugestão mim responda desde já agradeço.

  • Rodrigo Giraldelli

    Olá, tudo bem? No momento não está compensando importar canecas para o Brasil, pois tem um direito de anti dumping conquistado pelos produtores nacionais que inviabilizam a operação…

  • frederico mota mattos

    Rodrigo…andei pesquisando e ouvi que acima de 3000 canecas eh que passa ser taxado!!!
    isso procede??? pq poderia importar de 3000 em 3000….
    o dificil esta sendo conseguir vendedor na china q venda menos de 5000 pecas!!!

    isso procede???? aguardo seu contato…e se quiser importar estou a disposiçao….a procura no rio esta muito grande e nao tem a oferta…entao eh uma otima oportunidade de ganhar dinheiro…

    cotei com uma chinesa hoje 05/03/2015 as 23:00 …e esta saindo a U$ 0,59 o que equivale a 1,75 reais…. mas ai falta a importaçao…isso pra 5000 canecas…..
    enfim..agurado seu contato!

  • Rodrigo Giraldelli

    Não tenho conhecimento desta informação de que acima de 3 mil peças é que passa a ser taxado.

    http://blog.portalsublimatico.com.br/camex/

    Também não tenho interesse em importar, na verdade presto serviço de assessoria para importadores interessados.

    Precisando de algo, entre em contato.

    Grato.

  • Viviane Brindes

    O que mais deixa constrangido e os fornecedores do Brasil tem canecas de pessíma qualidade, quem procura uma qualidade fotográfica tem que ser importada. Trabalho com sublimação desde 2010, antes desse medida adotada tudo flores, infelizmente hoje em dia temos que nos virar com outros brindes para compensar a falta de caneca e os preços altos.
    Se tivesse alguma empresa com qualidade realmente as importadas com preço acessível essa medida seria aceitável.
    Só nos resta esperar!
    Alessandro (Sócio/Proprietário da empresa Viviane Brindes)

  • Rodrigo Giraldelli

    Pois é Alessandro, eu não vivo o drama do setor, mas acompanha, pois presto serviços para importadores do ramo… Oremos…

  • Alguém conhece algum distribuidor (Canecas Resinadas) em Brasília ou Goiânia? O preço da caixa com 36 unidades está R$ 288,00 (oito reais por peça).

  • Carlos Roberto

    Alguém conhece algum revendedor de canecas em Fortaleza ou regiões metrpolitanas?

  • Rodrigo Giraldelli

    Não.

  • Matheus

    Boa tarde Rodrigo,

    Estou tendo problemas com meu fornecedor e é o único que encontrei na região sul. Você tem algum contato aqui no Sul? Se quiser entrar em contato caso você forneça ou fecharmos algum negócio.

    Abraço

  • Rodrigo Giraldelli

    OI Matheus, tudo bem? Nossa especialização é importação, não temos contatos de fornecedores no Brasil. Desculpe.

  • Marco Antonio Denucci

    Estamos sem canecas.. E agora? Será que não tem outro lugar aqui no Brasil para comprar? Não conhece outros fornecedores? Se voce tiver qualquer tipos de canecas para vender me interessa muito! Entre em contato comigo pelo este email. Obrigado

  • Rodrigo Giraldelli

    OI Marco, não consigo te ajudar. Desculpe… Meu trabalho é viabilizar importações e não vender produtos nacionais. Sucesso.