As 3 Mentiras que os Importadores contam. Especialmente os bem sucedidos.

Tempo de leitura: 6 minutos

Se você está começando ou deseja começar no ramo de importação empresarial, precisa saber que se aconselhar com um importador experiente pode não ser uma boa ideia. Não estou generalizando, mas as pessoas que já estão no mercado, não querem perder negócio. E como forma de “proteger” a sua empresa, acabam desencorajando qualquer pessoa que queira entrar nesse nicho de mercado, contando alguns mitos da importação.

Se você soubesse como ganhar dinheiro com importação, você contaria a alguém?

Essa é a forma que eles encontram de tentar te tirar desse mercado. Alguns desses empresários que importam e têm lucros, ao invés de te aconselhar, acabam contando algumas mentiras.

Vou te explicar as 3 mentiras mais comuns que os importadores bem sucedidos te contam. Isso pode te tranquilizar, caso já tenha acreditado em algum ou então, para você não “cair na lábia” desses empresários.

Meu objetivo aqui não é polemizar ok? Nunca é. Obviamente existem sim, muitos empresários com mentalidade de abundância e sim, explicam o caminho das pedras desde que não seja no seu ramo de negócio.

3 mentiras que os importadores contam

Agora a ética começa em nós. Se você quer montar uma importadora em um determinado ramo qualquer, não vá pedir informações para um empresário importador que será seu futuro concorrente, certo?

Mentira 1: Você só pode importar um container cheio

O primeiro mito é de que você só pode importar no mínimo um contêiner cheio, por importação. Sim, isso não é uma regra. E será que trazer pequenas quantidades vale a pena? Sim, compensa! Além de importar apenas 1/2, 1/3, você pode consolidar vários fornecedores em um mesmo embarque. Clique aqui e saiba como funciona essa consolidação de diferentes fornecedores.

Como fazer isso? Você consegue consolidar sua mercadoria de duas formas. A primeira maneira é fazendo uma consolidação direta, com o seu agente de cargas. Você compra, o agente armazena os produtos em alguma empresa ou galpão e depois embarca a carga uma única vez.

Mas dessa maneira pode ficar caro. Pois a lei do Brasil diz que você terá que pagar cada fornecedor individualmente. E quando a carga chegar ao Brasil, você terá que fazer o despacho aduaneiro individualmente também.

A segunda maneira (e a mais indicada) é contratar uma trading chinesa. Você envia o dinheiro, ela compra os produtos, recebe a mercadoria, faz uma inspeção, paga os fornecedores, consolida e faz um documento só, para aquele embarque. Assim você terá que fazer apenas uma nacionalização quando chegar ao Brasil e pode evitar dor de cabeça com documentação.

Mentira 2: Produto de má qualidade

Esse é o segundo mito mais comum contado por importadores. Se você acredita que os produtos importados, principalmente chineses, não tem qualidade boa, está muito enganado. E eu vou explicar o porque.

Eu sei que os produtos fabricados na China têm má fama aqui no Brasil. Não funcionam, são feios, duram pouco, etc. Essa má fama não é só aqui, mas no mundo todo. Mas não é bem assim.

Assim como aqui no Brasil, lá na China você pode comprar produtos de vários níveis de qualidades.

Provavelmente o aparelho que você está usando para ler esse artigo é chinês, ou tem algum componente da China, dá uma olhadinha, eu espero….Viu? Rsrs.

O que vale lá é o preço. Os produtos que tem uma qualidade superior são mais caros. E os mais simples, são baratos. Cada padrão de produto tem um valor. Mas, a sacada é entender o seu público e importar o que é adequado para o seu mercado, aquilo que os seus clientes comprariam. Existe público para todos os níveis de produtos. Não compre pensando em você, mas sim no seu cliente.

Mentira 3: Não compensa importar

O último mito, mas não menos importante é de que importar não compensa. Mas pense bem, você acha que se realmente não compensasse esse outro empresário estaria importando?

Você precisa analisar o seu projeto de importação. Se o valor que você tem para investir é suficiente, se os produtos que você deseja comprar vai ter saída aqui no Brasil, se esse investimento vai trazer lucro para você e para a sua empresa, se é algo que você gosta ou está disposto a trabalhar de verdade, entre outros.

Mas se você ainda está em dúvida se compensa comprar da China, eu tenho que te dizer que sim, vale a pensa importar da China e ainda dá tempo de você começar. E quer saber porque eu falo isso? Vou dar um exemplo do porque é viável comprar de lá.

Na China existem cerca de 1,4 bilhões de pessoas, sendo que 50% vivem nas cidades e o restante vive na zona rural. Ou seja, 700 milhões de pessoas vivem em minifúndios e em cultura de subsistência. Metade dessas pessoas da zona rural são idosos e crianças, então, em média, 350 milhões de pessoas querem sair da zona rural e ir para a cidade trabalhar.

Normalmente essas pessoas estão dispostas a trabalhar por um salário mais baixo. Um trabalhador chinês ganha em média, 200 dólares por mês e faz uma jornada de oito a doze horas por dia, sem parar.

3 mentiras que os importadores contam 2

Mas o que isso tudo quer dizer? Há um grande estoque de mão de obra disponível, por um valor mais baixo. Além disso, na China, os encargos trabalhistas são baixos e os impostos também. Esses fatores, mão de obra, encargos trabalhistas e impostos, faz com que os produtos chineses tenham uma média de valor mais barata que no restante do mundo.

A China também é uma cliente do Brasil, é o país que mais importa daqui. Segundo o Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC), foram 32 bilhões de dólares que os chineses deixaram aqui durante 2016. No mesmo período, nós compramos 19 bilhões de dólares da China.

Resumindo tudo isso…

Se você pretende começar no ramo de importação empresarial, a melhor opção é não se aconselhar com importadores. Não generalizando, mas muitos empresários não querem ganhar concorrência e acabam te desencorajando, ao invés de te ajudar.

E fazem isso, contando algumas mentiras, para fazer você desistir do seu projeto. Há três mentiras mais comuns que eles contam. A primeira é que você só pode comprar um contêiner inteiro. A segunda é que os produtos importados não têm qualidade boa. E a terceira é que a importação empresarial não vale a pena e que importar da China não compensa.

Mas você deve sempre analisar, pois se o mercado não fosse bom, eles estariam importando ainda? E se eles têm lucro, como não vale a pena investir nesse nicho?

Quer a ajuda do China Gate no seu projeto de importação? Clique aqui e preencha este formulário, que entraremos em contato com você!